Mapa das espinhas: o significado da acne em cada região do rosto

Conversamos com especialistas que explicaram tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Por Adrieny Magalhães Atualizado em 11 fev 2022, 18h33 - Publicado em 13 fev 2022, 10h00

Você já parou para pensar por que uma espinha nasce na bochecha ao invés do queixo? Ou por qual motivo costuma ter acne na zona T do rosto? A CH conversou com duas dermatologistas para entender o que é o chamado “mapa da espinhas” e investigar se cada região da pele em que a acne aparece pode ter razões diferentes. Vem com a gente!

Como surgem as espinhas?

Antes de tudo, é importante compreender quais são os fatores responsáveis pelo surgimento das espinhas em nossa pele. A Dra. Lara Fileti, dermatologista do Hospital São Francisco de Mogi Guaçu, e a Dra. Ana Coutinho, Diretora Médica do Grupo Pierre Fabre, dão as informações.

De acordo com a Dra. Lara Fileti, a acne ocorre por um aumento da produção de sebo nas glândulas sebáceas – responsáveis pela produção de sebo em nosso rosto – e as causas podem estar relacionadas a alterações hormonais e genéticas. Além disso, fatores como a obstrução de poros e bactérias próprias da nossa pele em excesso também podem gerar acne.

gif-espinhas
GIF animação espinhas GIF/Reprodução

“O primeiro fator para o aparecimento de espinhas é o genético, que o adolescente pode herdar naturalmente dos pais. Não é uma transmissão ou doença, é um código genético que vai se repetindo de geração em geração”, afirma também a Dra. Ana Coutinho. Interessante, né?

A Dra. Ana completa dizendo que o segundo fator é o momento da puberdade, no qual o indivíduo tem uma liberação genética normal para seu amadurecimento, o que chamamos de boom hormonal – que acaba causando um efeito colateral nas glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade e o aparecimento de cravos e espinhas.

Espinhas na zona T

Finalmente, vamos entender o que o aparecimento das espinhas em cada zona do nosso rosto pode significar. Começando com a zona T, isto é, testa, nariz e queixo!

A Dra. Ana Coutinho conta que essa é a zona típica da acne comum, que acomete principalmente os adolescentes. “Essa acne aparece por conta da puberdade e liberação de hormônios. Essa parte é a mais afetada porque a gente tem uma maior concentração de glândulas sebáceas e em uma quantidade muito mais responsiva ao hormônio que está circulando na corrente sanguínea”, completa a especialista.

Espinhas na bochecha

Já nas bochechas são comuns as acnes denominadas acnes de atrito. Um exemplo para você entender é o fenômeno da mascne, que se refere à acne causada pelo contato da máscara de proteção contra a Covid-19 na pele.

A Dra. Lara Fileti comenta que vários hábitos do dia a dia podem contribuir para o aparecimento das espinhas na bochecha, como falar no celular com ele encostado no rosto, o atrito do rosto no travesseiro e até mesmo a poluição cotidiana. Sendo assim, a melhor forma de evitar esse tipo de espinhas é mantendo uma boa limpeza de pele com sabonete líquido diariamente.

Gif da atriz Indya Moore com toalha rosa na cabeça passando creme no rosto em frente a um espelho
Indya Moore GIPHY/Reprodução

Espinhas no queixo e mandíbula

Por muito tempo, os profissionais acreditaram que essa acne esta relacionada a alterações hormonais. No entanto, segundo a Dra. Lara Fileti, ainda não temos comprovação científica. Essa é uma espinha que aparece normalmente em mulheres adultas e pode ter diversas causas.

Continua após a publicidade

Se você costuma ter espinhas na região maxilar e mandibular, é essencial contar com um dermatologista para investigar possíveis causas. Combinado?

Espinhas próximas à raiz do cabelo

As espinhas próximas à raiz do cabelo, também conhecida como região de implantação de cabelo (as têmporas e a linha do cabelo), são produzidas ou provocadas pelo uso incorreto de substâncias.

“Se você usa muito óleo capilar e produtos oleosos na raiz do cabelo e não faz a higienização correta dos fio e até mesmo fica mexendo na raiz do cabelo, essas substância como a oleosidade vai escorrer para a pele. Ou seja, ela é um acne provocada, não é uma acne normal que veio pela genética ou puberdade”, alerta a dermatologista Ana Coutinho.

Como tratar e evitar espinhas?

Após entender como surgem e quais são as causas do aparecimento de espinhas em todas as regiões do rosto, é legal que você saiba como tratar e evitar as espinhas.

Gif de garota lavando o rosto na frente da pia e passando as mãos pelo rosto
GIPHY/Reprodução

Ambas as profissionais indicam a implementação de uma rotina de skincare no dia a dia, com produtos básicos e que fazem toda a diferença na saúde da nossa pele. São eles:

  • Sabonete que remova a oleosidade e impurezas da pele;
  • Filtro solar adequado para o seu tipo de pele com fator de proteção acima de 50;
  • Dermocosméticos, como cremes e gel secativo de espinhas, para utilizar na parte da noite.

Assim, você trata a pele, evita possível manchas e garante um resultado eficaz. Cuidados com a sua dieta e o uso de produtos adequados de maquiagem não podem ficar de fora! Que tal criar esse hábito que entrega tanto benefícios?

Por que contar com profissionais?

O acompanhando com um dermatologista é indispensável. Para tratar corretamente a sua acne, o primeiro passo é investigar as causas e utilizar produtos adequados para o seu tipo de pele, além de fazer um acompanhamento de tempos em tempos.

Outros profissionais indicados pelo seu dermato, como esteticistas, podem trabalhar em conjunto com ele para um resultado ainda melhor!

Investir em uma rotina de cuidados e ter um acompanhamento com um dermatologista é a melhor forma de tratar e prevenir espinhas. Mas quando a acne aparecer, não se esqueça que ele não é sua inimiga e sim uma reação normal, viu? <3

Garota fazendo rotina de cuidados com a pele com pepino nos olhos, enquanto um deles cai, e toalha no cabelo

E aí, que tal usar essas informações para turbinar a sua rotina de cuidados com a pele?

Quem deu as informações: Dra. Ana Coutinho, Diretora Médica do Grupo Pierre Fabre e Dra. Lara Fileti, dermatologista do Hospital São Francisco de Mogi Guaçu.

Continua após a publicidade

Publicidade