BTS: 7 momentos que marcaram o ano de 2021 para o grupo de K-pop

Retorno aos palcos, recordes e discurso na ONU estão entre os grandes acontecimentos

Por Gustavo Balducci Atualizado em 17 dez 2021, 22h44 - Publicado em 18 dez 2021, 10h01

No ano passado, a revista Time elegeu BTS como personalidade do ano no entretenimento devido aos recordes alcançados e sua influência positiva sobre os fãs. Durante uma entrevista dada ao veículo, Suga revelou que ainda se surpreende com tudo isso. “Há momentos em que ainda fico surpreso com todas as coisas inimagináveis que estão acontecendo. Mas eu me pergunto: quem vai fazer isso senão nós?”

Em 2021 não foi diferente. O grupo de k-pop mostrou como enfrentar o isolamento social, lançou novas músicas que emplacaram nas paradas, fez seu aguardado retorno aos palcos e reforçou que a conexão com o fandom ARMY jamais será rompida. Confira a seguir sete momentos que fizeram história neste ano:

Sucesso imediato

Depois de Dynamite dominar 2020 com sua energia nostálgica, BTS voltou a derreter o coração dos fãs com Butter, segundo single cantado em inglês, lançado em maio. “Na verdade, nunca esperávamos lançar outro single assim, mas o coronavírus da está tomando cada vez mais tempo, então entendemos que precisaríamos de outra música de verão, e Butter foi perfeitamente adequada para isso”, disse RM na época. A faixa — que ficou diversas vezes em primeiro lugar no HOT 100 da Billboard —, ainda ganhou um mv divertido e apresentou mudanças no visual dos integrantes (Jungkook coloriu os cabelos de azul e adicionou um piercing na sobrancelha, por exemplo).

Permissão para dançar

Em julho, foi a vez de Permission To Dance trazer uma mensagem de esperança e conforto durante a pandemia. No single, o grupo deseja viver uma nova era pós-pandemia e dedica o som a todos que estão desanimados diante da realidade. Co-escrita por Ed Sheeran, que já trabalhou com o BTS anteriormente em Make it Right, a música também se destacou por incluir linguagem de sinais como parte da coreografia e a participação da equipe que trabalha com o septeto. Demais, né?

Novo discurso na ONU

Participando pela terceira vez da Assembleia Geral das Nações Unidas, os integrantes Jin, Jimin, Suga, RM, J-Hope, V e Jungkook voltaram à sede da organização nos Estados Unidos junto com o atual presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, para falar sobre a juventude na era da Covid-19. “Espero que não consideremos o futuro apenas como uma escuridão sombria. Ainda temos muitas páginas em nossa história, e não devemos falar como se o final já estivesse escrito“, disse RM durante sua fala. Além do discurso emocionante, o grupo realizou uma performance de Permission To Dance dentro do prédio da ONU! Passando pelos corredores e salas mais importantes do edifício, eles cantaram e dançaram até chegar do lado de fora, bem no meio da cidade de Nova York.

Colaboração de peso

Também não faltaram grandes colaborações para o grupo em 2021. Estrelando uma das uniões mais emblemáticas do pop atual, BTS participou de My Universe, novo single do Coldplay. A música faz parte do disco Music of the spheres e ganhou trechos em inglês e coreano. No videoclipe, os artistas criam uma batalha musical de outro planeta, incluindo uma banda alienígena chamada Supernova 7. Outra novidade que deixou o ARMY agitado é que o pôster oficial da parceria foi criado por um artista brasileiro. Felipe Foster, conhecido como Fosterlands, foi convidado pelo Coldplay para desenvolver a arte e contou à Capricho todos os detalhes sobre o processo.

Continua após a publicidade

Retorno aos palcos

Após dois anos longe do público, BTS fez seu aguardado retorno aos palcos com quatro noites de shows lotados no Estádio SoFi, em Los Angeles. Batizada como Permission To Dance On Stage, a série de espetáculos arrecadou cerca de 33,3 milhões de dólares e vendeu 214 mil ingressos, tornando-se a sexta maior bilheteria da história! É claro que a apresentação atraiu fãs do mundo todo e a cantora Megan Thee Stallion também fez uma participação especial em um dos dias para cantar sua versão de Butter ao lado do grupo.

Recordes nas redes sociais

O distanciamento social não atrapalhou em nada o desenvolvimento do grupo graças às redes sociais. Os fãs ouviram, assistiram e compartilharam tudo sobre o BTS nas plataformas, e, como resultado, o septeto se tornou o grupo mais transmitido do ano no Spotify, com cerca de 8 bilhões de execuções. No Twitter, eles levaram o título de artista mais mencionado do mundo e são donos da publicação mais retuitada de 2021: um tweet superimportante declarando apoio ao movimento #StopAsianHate.

E não parou por aí! #BTS também foi a mais usada de 2021, enquanto a selfie do Jungkook mandando beijo para os fãs, publicada em janeiro, foi o segundo post mais curtido do ano, ultrapassando 3,2 milhões de likes.

Indicação ao Grammy e Artista do Ano no AMAs

Completando o ano de feitos incríveis, BTS recebeu sua segunda indicação ao prêmio Grammy, a principal premiação da indústria fonográfica dos Estados Unidos.  O grupo irá concorrer em 2022 na categoria Melhor Performance Pop de Dupla ou Grupo por Butter. No ano passado, eles concorreram com a canção Dynamite na mesma categoria. Será que vem aí? Olha que fofa a reação dos integrantes assim que a categoria foi anunciada:

A trajetória de sucesso do grupo também foi reconhecida pelo American Music Awards, que elegeu BTS como Artista do Ano na sua última edição. Essa foi a primeira vez que um ato asiático venceu na categoria principal. Eles também ganharam os prêmios de Melhor Duo/Grupo e Melhor Música Pop. Na cerimônia, ainda rolou uma performance impecável de My Universe ao lado do Coldplay, e outra solo de Butter, que inicialmente contaria com a participação de Megan Thee Stallion.

O que esperar do grupo em 2022?

Depois de tanta coisa, é hora de dar uma pausa e relaxar um pouco, não é mesmo? Por isso, o grupo anunciou no começo de dezembro que está em período de férias para viajar e aproveitar o fim de ano junto com a família. Mas você pode continuar acompanhando tudo, já que os integrantes criaram contas individuais no Instagram!

No ano que vem, é bem provável que as estrelas do k-pop façam uma turnê mundial (quem sabe não teremos show por aqui?), além de lançar um novo disco e projetos pessoais em paralelo. Também foi noticiado que os membros solicitaram o adiamento do serviço militar obrigatório. Na Coreia do Sul, a lei diz que todos os homens até 28 anos devem se alistar, mas o BTS pretende estender esse prazo até dezembro de 2022.

Mas e aí, qual foi o seu momento favorito do BTS em 2021?

Continua após a publicidade

Publicidade