K-pop: o impacto e os recordes de Dynamite, novo hit do BTS

O comeback atingiu mais de 101 milhões de views em 24h e foi notado pelo diretor geral da OMS, pelo time Bayern e pela família de Michael Jackson!

Por Gustavo Balducci - Atualizado em 25 ago 2020, 20h24 - Publicado em 24 ago 2020, 17h42

Que Dynamite o primeiro single cantado totalmente em inglês do BTS — foi um sucesso, todo mundo já percebeu. Mas a repercussão que o comeback ganhou desde o seu lançamento na última sexta-feira (21/8) só reforçou como o trabalho em equipe feito pelos integrantes Jin, Jimin, Jungkook, RM, V, J-Hope e Suga está longe de ser uma onda passageira. Seu impacto dentro e fora do cenário musical ao longos dos anos já virou caso de estudo, movimenta economicamente a Coreia do Sul e serve como inspiração de vida para milhões de fãs no mundo todo. Não à toa tudo isso também foi notado por personalidades e entidades governamentais. Por isso, a CH listou um pouco de tudo o que rolou desde que a ~dinamite~ explodiu!

Começando pelos recordes, e vale ressaltar que os números e títulos apresentados aqui são apenas reflexo da qualidade e do amor e lealdade que o fandom ARMY possui pelo BTS. O YouTube confirmou que o clipe chegou a 101,1 milhões de visualizações nas suas primeiras 24 horas. Esse número é 14,8 milhões maior que o recorde anterior, que estava com How You Like, do BLACKPINK — e, que também já estão com data marcada para voltar nesta sexta-feira, dia 21, com Ice Cream, parceria do quarteto com a musa Selena Gomez.

Além de vídeo mais assistido, a faixa bateu mais de 3 milhões de espectadores simultâneos em sua estreia, se tornando a maior da história da plataforma. Fora do YouTube, Dynamite também ficou em primeiro lugar em mais de 100 países no iTunes e foi o maior lançamento do Spotify de todos os tempos. Outro fato curioso é que a rede de música nem está disponível para os sul-coreanos.

“Obrigado pela inspiradora Dynamite e por lembrar o ARMY e o resto de nós de #UsarMáscara e cuidar de nossa saúde e bem-estar durante esta pandemia de COVID-19”, agradeceu o diretor geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, no Twitter. Isso porque, durante a live de pré-lançamento, os integrantes falaram sobre a importância do uso do item de proteção na pandemia:

Continua após a publicidade

Quem também notou o lançamento foram os fãs do rei do pop Michael Jackson. Na coreografia, existe uma série de passos inspirados nos movimentos icônicos do cantor norte-americano, e isso foi o suficiente para que Taj Jackson, sobrinho de Michael, comentasse a homenagem feita pelo BTS: “Obrigado, BTS, e muito obrigado aos fãs de BTS por seu apoio contínuo durante os anos”, e completou em outro post, “Tenho alguns amigos que conheceram os integrantes do BTS e não ouvi nada além de coisas incríveis sobre eles, seu trabalho duro, ética e gentileza. Desejo a eles todo o sucesso desse mundo. Eles merecem.”

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

No domingo (23), o time europeu Bayern de Munique conquistou o mais importante torneio do continente, a Liga dos Campeões da UEFA. Só que a festa dos amantes de futebol também chamou atenção do ARMY. O motivo? Um trecho da letra de Dynamite foi escolhido para comemorar o post do Bayern no Twitter. Se liga nesse crossover:

Continua após a publicidade

 

E, mesmo depois de todo esse barulho, o BTS voltou hoje (24) com um novo videoclipe para o single. Desta vez, em formato lado-b, o mv apresenta os mesmos cenários, mas sob enquadramentos inéditos, e inclui ainda alguns erros de gravação bem divertidos. ARMY, esse momento é todinho seu:

 

“Vocês gostaram do mv b-side? ARMY, durma bem”, escreveu J-Hope no perfil do grupo após o lançamento:

Continua após a publicidade

E aí, deu pra sentir o impacto causado por Dynamite?

Já segue a CH nas redes sociais?
INSTAGRAM | TIKTOK | TWITTER | FACEBOOK | YOUTUBE

Continua após a publicidade
Publicidade