Tudo o que você precisa saber sobre emissão do título de eleitor online

Para o que serve? Votar é obrigatório? Como emitir o meu?

Por Andréa Martinelli, Isabella Otto Atualizado em 24 jun 2022, 16h27 - Publicado em 5 abr 2022, 06h00

2022 é ano eleitoral no Brasil. Você, que tem entre 16 e 17 anos – caso já tenha emitido seu título de eleitor – poderá, em outubro, escolher representantes para o poder executivo e legislativo, ou seja: presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais.

Ainda faltam seis meses para o pleito eleitoral e também muitas dúvidas sobre emissão do título de eleitor e sua importância para o exercício da cidadania. A CAPRICHO responde, abaixo, principais dúvidas. Vem com a gente:

1. Para o que serve o título de eleitor?

O título de eleitor é o documento que oficializa o seu direito de votar nas eleições brasileiras.

2. Porque os artistas estão falando tanto sobre o título de eleitor?

O percentual de eleitores entre 16 e 17 anos hoje é o menos expressivo desde 1992. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) existem 6 milhões de pessoas nesta idade no país. Porém, o número de jovens com título de eleitor, até agora, representa cerca de 17,5% do total de habilitados para obter o documento.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), apenas 830 mil adolescentes se registraram para votar. Este número também é consideravelmente baixo em relação ao mesmo período das últimas eleições, em 2018, quando foi registrado 1,4 milhão de jovens com a mesma idade que já tinham emitido o documento.

Diante desse cenário, artistas como Anitta, Bruna Marquezine, Juliette, Larissa Manoela e Luisa Sonza espalharam campanha pelas redes sociais. Elas usaram sua visibilidade para estimular que jovens tirem o título de eleitor e saibam que podem e devem exercer sua cidadania.

3. Votar é obrigatório?

Para analfabetos, pessoas com menos de 18 anos ou com mais de 70, o voto é opcional. Para os brasileiros que não se encaixam nessas exceções, o voto é obrigatório. E se a pessoa não comparecer na votação e não justificar a ausência, deverá pagar uma multa para cada turno que faltou.

4. Como emitir o título de eleitor pela primeira vez?

Você sabia que só precisa de três documentos para emitir o seu título?

São eles: documento oficial com foto, comprovante de residência e, para os homens em idade militar, também é preciso ter em mãos o comprovante de quitação do serviço militar.

Continua após a publicidade

Com todos os documentos reunidos, os cadastros podem ser feitos on-line pelo sistema Título Net, disponível no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou pelo aplicativo e-Título.

No site, basta procurar pela guia “Serviços ao Eleitor” e clicar na aba “Autoatendimento do Eleitor”, na página inicial do site e, em seguida, selecionar a opção “Tire seu título” e completar o cadastro com todos os seus dados. É tudo gratuito.

A gente te ensina aqui:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por CAPRICHO (@capricho)

5. Preciso levar o título de eleitor no dia da eleição?

Não. Basta levar um documento de identidade oficial com foto ou apresentar o e-Título (aplicativo do TSE com o seu título de eleitor virtual).

6. É obrigatório cadastrar a biometria?

O cadastramento biométrico ainda não é obrigatório para todos, pois tem um calendário específico com regras diferentes para cada estado brasileiro. Mas, se na sua cidade o prazo para biometria já foi encerrado, você ainda pode regularizar a situação até o dia 9 de maio no cartório eleitoral mais perto da sua casa. Lembre-se de que não fazer a biometria obrigatória pode resultar no cancelamento do seu título de eleitor!

E não se esqueça: o prazo para tirar ou transferir o título de eleitor para as eleições é 4 de maio. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por CAPRICHO (@capricho)

Você tem alguma outra dúvida sobre este tema? Envie para capricho@abril.com.br.

Continua após a publicidade

Publicidade