Produtor de Supergirl é demitido após acusações de assédio sexual

Andrew Kreisberg foi denunciado por 19 pessoas

Por Da Redação Atualizado em 30 nov 2017, 18h05 - Publicado em 30 nov 2017, 18h03

Andrew Kreisberg, produtor de séries como Supergirl, Arrow e The Flash, foi demitido após ser acusado de assédio sexual por 19 pessoas (15 homens e quatro mulheres) com quem trabalhava.

A Warner Bros., estúdio responsável pelas produções, suspendeu Kreisberg no começo do mês e anunciou sua demissão na última quarta-feira (29/11) em comunicado enviado ao E! Online. “Após uma investigação minuciosa, a Warner Bros. Television Group encerrou definitivamente a contratação Andrew Kreisberg. Continuamos empenhados em proporcionar um ambiente de trabalho seguro para nossos funcionários e todos os envolvidos em nossas produções”, informou.

Depois que as acusações vieram à tona, Melissa Benoist, protagonista de Supergirl, se pronunciou nas redes sociais.Quando pessoas cometem crimes ou assediam outras, elas devem ser sempre responsabilizadas – não importa qual área elas trabalhem ou quanto poder eles têm”, escreveu.

 

Continua após a publicidade

Publicidade