Repórter esportiva já recebeu cuspidas e ameaças no trabalho

Em coberturas de jogos de futebol, Bibiana Bolson já ouviu de homens a seguinte frase: 'vou te estuprar!'.

Por Isabella Otto Atualizado em 29 nov 2017, 13h05 - Publicado em 29 nov 2017, 12h59

Bibiana Bolson, repórter esportiva da ESPN, revelou ao portal UOL Esporte que, assim como muitas colegas de profissão, já sofreu assédio em seu ambiente de trabalho. “Fui cuspida no estádio e recebi ameaças de: ‘vou te estuprar'”, desabafou.

Arquivo Pessoal/Instagram/Reprodução

A jornalista acredita que o cenário esportivo no Brasil e no mundo ainda é muito machista. Como a maioria dos profissionais e fãs ainda é formanda por homens, as mulheres acabam sendo testadas a todo momento. É algo bastante parecido com o que acontece no mundo nerd. Um garoto pode ser geek, mas uma menina parece sempre precisar atestar o seu gosto.

Já recebi muita ameaça nas redes sociais, e no começo eu ficava muito incomodada e não falava nada. Depois eu vi que precisava expor aquilo. Escrevi uma carta aberta nas redes sociais de um cara que falou: ‘ah, você nem sabe de nada. Vai só para aparecer no jogo. Não entende de nada’. Hoje eu lido muito melhor com elas. Eu sei que tenho para onde correr, denunciar esses crimes”, afirmou Bibiana.

View this post on Instagram

Era março desse ano e eu não tinha certeza sobre o que eu queria. Achava que não era mais capaz de estar na rotina dos clubes, na cobertura de jogos, falando de esporte, acreditava que tinha perdido o interesse pelo jornalismo esportivo. Fruto de experiências dolorosas que vivi no final de 2016, início de 2017. Pensei mesmo que era chegada a hora de buscar novos ares. Então chegou a @mundoespn e a proposta de me redescobrir como repórter. Seis meses para experimentar mais uma vez o Esporte. Foi muito mais do que isso, mas muito mais mesmo. Esse primeiro ciclo chega ao fim, como me falaram, termina com uma Bibiana diferente daquela que iniciou em abril. Eu me transformei nesse curto espaço de tempo e foi no ar que eu pude mostrar o quanto eu tava feliz onde estava. Sigo MUITO feliz e com alguns desafios importantes pela frente. À Espn um agradecimento gigantesco e ao fã de esportes minha gratidão eterna. Nossa sintonia foi demais, as mensagens, as conversas na rua, a presença online de tantos… seguimos juntos. #jornalismo #espn #esporte #sport

Continua após a publicidade

A post shared by Bibiana Bolson (@bibianabolson) on

Neste ano, Bolson, que vive atualmente em Nova York, nos Estados Unidos, está concorrendo ao prêmio Torcedores, que elege os melhores profissionais da imprensa esportiva. A repórter concorre na categoria “Troféu Mulher na Mídia Esportiva” e o resultado sai em dezembro.

Uma por todas e todas pelas muitas Bibianas que representam as mulheres dentro e fora dos campos! o/

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade