10 livros coreanos que estão fazendo sucesso no Brasil e no mundo

Mulheres fortes, tempos difíceis e muito suspense para se apaixonar pela literatura do país asiático

Por Gustavo Balducci Atualizado em 10 set 2021, 18h05 - Publicado em 11 set 2021, 10h01

Além do K-pop, dos filmes e séries de TV, a literatura coreana também está ganhando espaço fora do país através da Hallyu – inclusive aqui no Brasil. Só nos últimos anos, dezenas de obras ganharam tradução para o português e estão chegando às prateleiras dos bookstans.

Pensando nisso, a CH separou 10 livros coreanos que estão fazendo sucesso no mundo todo e que você precisa conhecer:

A Vegetariana – Han Kang

Han Kang é uma autora contemporânea premiada. Nascida na Coreia do Sul em 1970, ela já possui diversos livros publicados, mas se tornou conhecida globalmente através de A Vegetariana, que já foi traduzido para vários idiomas e recebeu prêmios importantes como o Man Booker International Prize. Na obra, uma mulher decide parar de comer e preparar carne após um pesadelo.

Atos Humanos – Han Kang

Depois do primeiro best-seller, um novo livro da autora chegou ao Brasil em 2021. Publicado pela editora Todavia, Atos Humanos retrata as dores e os reflexos que a ditadura militar teve sobre os sul-coreanos. Em maio de 1980, na cidade Gwangju, o exército reprimiu um levante estudantil, causando milhares de mortes. A história desses jovens (incluindo o ponto de vista pessoal da própria autora sobre esse período) vai se desdobrando ao longo dos capítulos à medida que entendemos melhor esse terrível período da história coreana.

O Bom Filho – Jeong Yu-jeong

Neste suspense sombrio escrito por Jeong Yu-jeong, um jovem acorda e descobre que a mãe está morta. Sem lembranças do que pode ter acontecido, ele precisará encontrar pistas para esclarecer a situação. Se você gosta de um bom thriller, esse livro é a escolha perfeita!

Cat Read GIF

Pachinko – Min Jin Lee

Pachinko é um dos livros mais recentes e incríveis lançados no Brasil. Com fãs no mundo todo (incluindo o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a atriz Emma Watson), a trama segue por várias gerações de uma mesma família de imigrantes coreanos vivendo no Japão. Além de romance, o livro é também um retrato dos preconceitos enfrentados por esses imigrantes longe do seu país de origem. Uma série de TV baseada na obra está sendo produzida pela Apple TV+ e deve estrear em breve!

Continua após a publicidade

Por favor, cuide da mamãe – Shin Kyung-Sook

Outro livro emocionante – e um dos favoritos do cantor RM, do BTS – é Por favor, cuide da mamãe. Após a mãe desaparecer em uma estação de trem, os filhos e o marido começam a procurá-la desesperadamente. Com o tempo, eles vão entendendo que sua relação com a matriarca é frágil e muito negligenciada. Narrado pelas vozes dos três personagens, o livro é, ao mesmo tempo, um retrato da Coreia do Sul contemporânea e também uma história universal sobre família e amor.

  • Coleção It’s Okay To Not Be Okay

    Inspirado no K-drama de sucesso da Netflix, a Intrínseca lançou recentemente uma coleção completa com os livros infantis que a personagem Ko Moon-young escreve durante a série It’s Okay To Not Be Okay. Os cinco volumes são ilustrados pelo artista Jam San e contam histórias ricas e cercadas por reflexão. Em O menino que se alimentava de pesadelos, por exemplo, um garotinho é assombrado por sonhos terríveis. E, para tentar dar fim a esse tormento, ele vai até as profundezas da floresta e faz um pacto com uma bruxa. O acordo parece simples, mas o preço a ser pago caso ele não cumpra sua promessa pode ser alto demais.

    Contos da tartaruga dourada – Kim Si-seup

    O conjunto de contos, publicado ainda no século 15, é considerado o primeiro livro escrito em prosa coreana. Recheado por referências aos clássicos chineses, em Contos da tartaruga dourada você vai encontrar um pouco de tudo: poesia, canções, literatura fantástica e até filosofia.

    kids read GIF

    Sukiyaki de domingo – Bae Su-Ah

    O livro conta como é a vida na periferia da Coreia do Sul, fugindo do glamour da capital Seul e dos bairros de classe média alta. Sukiyaki de domingo é um ótimo livro para você entender como a falta de dinheiro ainda afeta o cotidiano da população em um país tão desenvolvido e tecnológico.

    Grama – Keum Suk Gendry-Kim

    Em formato de história em quadrinhos, Grama é uma biografia forte e poderosa sobre a história real de Ok-sun Lee, uma garota vendida pela própria família e forçada à escravidão sexual durante a Segunda Guerra Mundial pelo Exército Imperial Japonês. Ela é uma das várias mulheres que também foram capturadas nessa época para servirem aos soldados nas chamadas “casas de conforto” – locais dedicados à prostituição e ao estupro. A obra é um registro delicado e preciso sobre esse grave crime de guerra e também uma homenagem à determinação da protagonista para superar os obstáculos e se manter viva. A hq ganhou também ganhou uma exposição exclusiva aqui no Brasil no ano passado.

    A Espera – Keum Suk Gendry-Kim

    Mais um quadrinho de Keum Suk Gendry-Kim foi publicado este ano pela editora Pipoca & Nanquim. Em A Espera, a autora investiga o passado de sua própria família, especificamente sobre a história de sua mãe que foi separada da irmã durante a Guerra da Coreia que dividiu a península em Norte e Sul.

    Você já conhecia algum livro dessa lista?

    Continua após a publicidade
    Publicidade