The 100: motivos para ler os livros que inspiraram a série

A adaptação tem um enredo bem diferente da obra original

Por Anny Caroline Guerrera Atualizado em 3 set 2021, 22h43 - Publicado em 5 set 2021, 10h01

Na última quarta-feira (1/9), os fãs de The 100 celebraram a chegada da temporada final da série na Netflix. A produção exibiu seu último episódio na televisão americana em setembro de 2020 e dividiu opiniões. Mas você sabia que o enredo foi, originalmente, inspirado em uma série de livros da autora Kass Morgan.

Compre aqui.

  • Personagens

    No livro, você vai acompanhar a história de vários personagens já conhecidos como Clarke, Bellamy e Octavia, mas outros são inéditos na história, como Glass, uma garota que consegue fugir e continuar na arca e guarda um grande segredo. Inclusive, é através dela que a gente consegue ver o que está rolando no espaço.

    Acontece que a obra é contada por diversos pontos de vista diferentes, deixando tudo ainda mais interessante e dinâmico. Wells, o melhor amigo de Clarke que apareceu na primeira temporada da série, tem um destaque bem maior nas páginas enquanto o personagem Finn não existe no enredo.

    Bellamy e Clarke em cena de The 100; ele está olhando para ela intrigado enquanto a personagem olha para o lado confusa; ele está sujo e com machucados com sangue no rosto enquanto Clarke segura um walkie-talkie com uma luva preta com as pontas do dedo expostas; sobreposta a imagem estão as capas brancas dos livros The 100 e Dia 21; estrelas amarelas decoram a imagem
    The 100 CW/Galera Record/Divulgação

    Relacionamentos

    Só o fato de Finn não existir nos livros já é um grande spoiler de que os relacionamentos são bem diferentes na história original. Não queremos revelar ainda mais, então, só vamos dizer que a galera que shippa Bellarke pode ter mais vitórias do que na série…

    Continua após a publicidade

    Novos ambientes

    Como mencionamos no primeiro tópico, a existência de Glass nos livros é um fator que muda bastante coisa na narrativa. Como a adolescente continua na arca, temos a chance de explorar as ambientações e outros personagens que vivem por lá. Sem falar que a dinâmica e o funcionamento do local também traz novos aspectos que não vimos tanto na série. Vale bastante a pena conferir!

    Veja a sinopse do livro:

    Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade sobrevivente passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Agora, cem delinquentes juvenis ― considerados gastos inúteis para a sociedade restrita ― serão enviados em uma mis são extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles… ou uma missão suicida. Clarke foi presa por traição, apesar do real motivo de sua prisão ainda atormentar seus sonhos. Wells o filho do Chanceler, vai à Terra para ficar com a garota que ama ― mas será que ela um dia irá perdoá-lo? O rebelde Bellamy, que não estava confinado, arrisca sua vida para conseguir entrar no módulo de transporte dos cem e proteger a irmã, sua única família e provavelmente o último humano do universo a ter um irmão. Já Glass consegue aproveitar uma oportunidade e foge da missão suicida, apenas para descobrir que sua vida na nave vai se tornar tão perigosa quanto na Terra. Ao chegarem ao planeta natal, os cem se deparam com um cenário selvagem e cheio de resquícios da guerra nuclear, porém com uma aparência incrivelmente inofensiva. Ao contrário de um planeta tóxico, tudo o que eles encontram é uma vida que nunca acharam que fossem presenciar novamente. E, apesar de nenhum deles jamais ter almejado ser um herói, eles podem acabar se tornando a última esperança da humanidade.

    Se você já quer ler todos os livros que inspiraram a série, compre aqui.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade