BBB21: Karol Conká faz acordo de paz com Juliette: “Não quero te atacar”

Após tanta perseguição, parece que a rapper deu uma trégua

Por Da Redação 5 fev 2021, 12h17

O clima no BBB21 já está tomando uma nova forma, os brothers e as sister parecem estar mais focados no jogo e revendo suas atitudes dentro da casa mais vigiada do Brasil. Na madrugada desta sexta-feira (5/2), após saírem da prova do líder, Karol Conká e Juliette entraram em uma conversa para colocarem um fim no mal-estar que gira entre elas. A rapper causou indignação nas redes sociais por zombar de Juliette e foi até acusada de xenofobia. 

  • No gramado da casa, Karol, Arcrebiano e Juliette conversavam. “Acho um saco não ter que falar com você. Ter que ficar desviando, porque eu não quero que pareça um triângulo amoroso. Porque eu detesto disputa… Eu não acho que tenho que fazer piada, eu não acho que eu tenho que ficar brincando, eu não acho que eu tenho que brigar com você”, disse a cantora. 

    Karol pensou que Juliette estava apaixonada por Bil e achou que poderia estar maltratando seus sentimentos quando fez uma brincadeira para deixá-la com ciúmes. “Tava, mas não nisso”, respondeu a paraibana.

    A sister explicou o que aconteceu e o seu ~crush~por Arcrebiano. “Eu cheguei e vocês já estavam aqui nessa casa. Não sabia que vocês estavam paquerando. Cheguei aqui, gostei de Bil, achei divertido…”, a rapper a interrompe dizendo: “Sim, eu vi e não fiz nada. Não tive ciúmes porque eu não vou ter esse tipo de postura. Eu não tenho a intenção de te magoar, te atacar”. Juliette concordou com ela e continuou sua explicação. “Na festa, eu comece a conversar com Bil. A gente estava brincando. Eu sou muito brincalhona e eu percebi que eu tenho que maneirar nisso aí. No meu coração eu não tinha interesse”, disse.

    A cantora também tocou no ponto de que Gilberto havia dito que ela tinha mandado Juliete se f*der. “Eu fico tachada de uma pessoa intolerante, sendo que se eu fosse te mandar se f*der, eu teria mandado naquele dia aqui, e eu não tenho vontade, porque eu realmente fico preocupada com o jeito que tua cabeça pensa, eu não acho que tem que fazer piada”. 

    O que rolou foi que Karol cantou em tom de deboche quando Juliette apareceu querendo conversar depois da festa: “Round 1 eu não falo com você. Round 2 vou mandar se f*der”. Confira o momento. 

    Continua após a publicidade

    Ainda na conversa no jardim, com outros participantes ao redor, Karol perguntou para a sister se ela tinha algum diagnóstico psicológico. “Não, nenhum. Já fui para psicóloga, mas nunca fui indicada para psiquiatra não”, respondeu ela. Alguns internautas enxergaram o questionamento da rapper como psicofobia. “Essa pergunta foi feita de forma completamente pejorativa. E daí se Juliette tivesse algum diagnóstico? isso não faz de ninguém uma pessoa ruim”, escreveu um perfil no Twitter. 

    Continua após a publicidade

    O que podemos dizer é que não dá para entender muito bem a implicância de Karol com Juliette. A influencer Taynara OG tentou explicar a situação com uma thread no Twitter, que é bem curta, por sinal:

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade