Nota do Enem 2020 não valerá pro SISU, Prouni e Fies; estudantes reclamam

As inscrições para os programas federais se encerram em janeiro e nota do Enem só será divulgada em março

Por Gabriela Junqueira Atualizado em 4 jan 2021, 14h43 - Publicado em 11 dez 2020, 16h42
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Divulgação

Aqueles que realizarem o Enem 2020, adiado para janeiro e fevereiro de 2021, por causa da pandemia de coronavírus, não poderão usar a nota da prova para entrar no Sistema de Seleção Unificado (Sisu), no Programa Universidade Para Todos (Prouni) nem no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O motivo? As datas de inscrição para os programas se encerram em janeiro, antes da divulgação da nota do exame – que deve ocorrer em 29 de março. Sendo a nota do Enem um dos fatores analisados como critério, só se inscreverá nos programas quem prestou o exame nos anos anteriores.

Quem vai fazer a prova pela primeira vez em janeiro e fevereiro só poderá aplicar a nota no próximo semestre para esses programas, que são fundamentais para que grande parte dos estudantes brasileiros possa entrar nas universidades. Afinal, foram para isso que eles foram criados: facilitar o acesso ao ensino superior no Brasil. Em 2021, contudo, não facilitará tanto…

  •  

    A decisão de abrir as inscrições em janeiro foi justificada com o intuito de se adaptar ao cronograma das universidades, entretanto, como só alunos que fizeram a prova anteriormente poderão se inscrever, a  vice-presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup), Elizabeth Guedes, explica que existe a chance de que as vagas não sejam preenchidas: “Não há qualquer possibilidade de que apenas alunos que fizeram o Enem de 2019 e não entraram no ensino superior preencham todas as vagas”, disse a vice-presidente de acordo com o Extra.

    “O grande espanto, para secundaristas que sonham com a universidade, é a incompatibilidade entre as datas do Enem e dos outros programas”, afirmou a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas. Nas redes sociais, a frente estudantil ainda se manifestou dizendo que estava tentando reunir com o MEC para dialogar sobre as datas do Enem e desses programas para que os jovens não sejam prejudicados, além de comentar sobre a realidade de grande parte dos estudantes.

    Nas redes sociais, os candidatos do Enem 2020 e futuros universitários já se manifestam negativamente sobre o assunto:

    Confira o calendário do Enem e de cada um dos programas:

    12 a 15 de janeiro – Inscrição do Prouni

    17 de janeiro – 1º dia do Enem impresso

    19 de janeiro – Resultado da 1ª chamada do Prouni

    24 de janeiro – 2º dia do Enem impresso

    26 a 29 de janeiro – Inscrição do Fies

    31 de janeiro – 1º dia do Enem digital

    1º de feveiro – Resultado da 2ª chamada do Prouni

    2 de fevereiro – Resultado do Fies

    7 de fevereiro – 2º dia do Enem digital

    18 e 19 de fevereiro – Inscrição na lista de espera do Prouni

    22 de fevereiro – Resultado da lista de espera do Prouni

    29 de março – Divulgação das notas da prova do Enem

    Quero Bolsa | Graduação, pós-graduação e técnico: bolsas de estudo com descontos de até 75% em mais de 1100 faculdades em todo o Brasil. Saiba mais!

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade