Gabby Petito: funeral ocorre com urna vazia; noivo está escondido em mata

A polícia segue procurando Brian Laundrie, principal suspeito da morte da criadora de conteúdo; melhor amiga de Gabby diz que ele está escondido na selva

Por Isabella Otto Atualizado em 28 set 2021, 10h56 - Publicado em 28 set 2021, 10h55

A Polícia da Flórida continua as buscas pelo americano Brian Laundrie, de 23 anos, ex-noivo de Gabrielle Petito, de 22, e principal suspeito da morte da influenciadora. Recentemente, a melhor amiga de Gabby, Rose Davis, disse para a revista People que o rapaz está foragido em uma região de mata. “Ele está escondido na selva, eu garanto”, falou.

A amiga também contou que Brian seria capaz de sobreviver por muitos meses nessa situação, uma vez que teria vivido um tempo nos Apalaches, uma cordilheira de 3.200 km, que cruza os EUA até o Canadá. “Se ele ainda estiver vivo, está em algum lugar acampando”, deu a dica.

Cartaz em homenagem a Gabbie Petito, com os dizeres:
Cartaz em homenagem a Gabby colocado na parte de fora do local onde o funeral ocorreu Stephanie Keith/Getty Images

Brian Laudrie voltou sozinho para casa da viagem que estava fazendo com a Gabby no dia 1º de setembro. O último contato que a jovem fez com a família foi no final de agosto. Desde o retorno, o designer se negou a dar qualquer tipo de informação sobre o caso.

Quando o FBI divulgou que o corpo da garota havia sido encontrado, anunciou também que agora quem estava desaparecido era Brian. Ou, no caso, estava foragido. Uma denúncia anônima disse ter visto Brian aparecer nas câmeras de segurança de sua propriedade. Nas imagens, é possível ver uma pessoa usando uma mochila igual a que o principal suspeito aparece nas fotos da viagem.

+: Sobrevivente do “Serial Killer de Brasília” narra terror vivido

A polícia segue procurando o rapaz e acredita que ele esteja escondido em uma das muitas regiões pantanosas da Flórida. Uma varredura também foi feita na casa do suspeito: “O FBI solicitou alguns itens pessoais pertencentes a Brian Laundrie para ajudá-los com a comparação de DNA, e os pais de Brian forneceram ao FBI o que puderam”, informou Steven Bertolino, advogado da família Laundrie.

Continua após a publicidade
Duas crianças acendendo velas no memorial em homenagem a Gabbie Petito
Crianças acendem velas em homenagem a Gabby, em um dos muitos memoriais feitos para ela em Long Island, onde morava Stephanie Keith/Getty Images

No último domingo, 26, em Holbrook, Long Island, em Nova York, EUA, familiares e amigos deram adeus à criadora de conteúdo Gabrielle Petito, cujo corpo foi encontrado na Floresta Nacional Bridger-Teton, um parque em Wyoming, no dia 19 de setembro.

Gabby desapareceu enquanto viajava de van com o ex-noivo. Como o caso permanece em aberto, o corpo não foi liberado pelas autoridades, motivo pelo qual a cerimônia foi realizada com uma urna vazia.

  •  

    No vídeo abaixo, é possível ver o discurso do pai, Joe Petito, que alertou sobre os perigos de viver uma relação abusiva [antes de desaparecer, a polícia de Utah recebeu uma núncia de violência doméstica envolvendo o casal], fazendo referência ao relacionamento da filha com Brian. “Quando vocês saírem daqui hoje, inspirem-se com o que ela trouxe para o mundo – porque todo o planeta sabe o nome dessa mulher agora”, declarou.

    O pai também disse estar muito orgulhoso do legado de Gabby, que ela sempre foi uma garota destemida e aventureira, que corria atrás dos seus sonhos e amava a natureza. “Ela só deu amor. Ela era simplesmente uma alma linda e tocou a todos(…) Ela era uma luz…”, emocionou-se.

    Continua após a publicidade
    Publicidade