Veja como cuidar dos cabelos sem sair de casa

Que tal repensar alguns hábitos e deixar os seus fios mais saudáveis?

Por Izabel Gimenez - Atualizado em 3 Maio 2020, 11h01 - Publicado em 3 Maio 2020, 10h16
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Cuidar do cabelo é muito importante para garantir a saúde dos fios. Além de usar bons produtos e tirar um tempinho para dar aquela caprichada na hidratação, algumas mudanças simples na rotina também podem ser as responsáveis por melhorar e muito a aparência das mechas. Olha só:

Na hora da lavagem

gif-emma-stone

Muita gente acredita que não é indicado lavar os cabelos todos os dias. Porém, a verdade é que isso não passa de um mito. A dica para a hora do banho é optar por um xampu neutro ou diluir um pouco do produto em um potinho com água para que ele fique menos denso. O condicionador ajuda a proteger os fios da ação química do xampu, mas usá-lo em excesso pode deixar as mechas oleosas. Por isso, cuidado com a quantidade aplicada e nunca use-o na raiz.

É muito importante procurar produtos específicos para o seu tipo de cabelo. Uma dica é consultar um especialista que possa te ajudar a ~desvendar~ esse mundo, mas basicamente os cosméticos ficam separados em cinco categorias: seco, normal oloeoso, misto e com química. Nesta matéria explicamos melhor como funciona cada um!

Continua após a publicidade

Cuidado com a temperatura

gif-secar-o-cabelo
GIF/Reprodução

Apesar da água gelada ajudar a dar mais brilho ao cabelo, não é necessário se congelar de baixo do chuveiro, tá? Haha! O importante é evitar tomar banhos muito quentes. Esse hábito faz com que as cutículas se abram e os fios percam umidade, o que acaba ressecando-os. A água quente também causa um efeito rebote no couro cabeludo, fazendo com que ele produza mais oleosidade para proteger a região, o que deixa os fios oleosos.

Outro ponto importante é tentar evitar a exposição dos fios à altas temperaturas, como o que acontece com o uso de ferramentas térmicas tipo chapinha e babyliss. O secador pode ser usado diariamente, mas é essencial lembrar de algumas regras básicas antes, como: posicioná-lo a uma distância em que ele não fique muito próximo dos fios – o ideal é entre 10 e 15 cm – e usar um protetor térmico no cabelo. 

Cabelo molhado exige atenção

1-gif-ariel-espelho
GIF/Reprodução

Quando o cabelo está molhado, ele fica mais sensível e pesado, e,  por isso, exige um cuidado ainda maior. Prendê-lo antes de estar completamente seco faz com que os fios se quebrarem. Inclusive, ao tornar isso um hábito frequente, você pode acabar desenvolvendo problemas no couro cabeludo, como a dermatite (uma inflamação da pele), e também no bulbo capilar, que é o responsável pelo crescimento das mechas. 

O ideal é lavar os cabelos na parte da manhã, assim, ele tem o dia inteiro para secar naturalmente. A gente sabe que nem sempre isso é possível. Por isso, o principal é nunca dormir com os fios molhados, ok? Isso acaba abafando o couro cabeludo, o que pode levar à quedas, mais oleosidade na região e até proliferação de fungos. 

Continua após a publicidade

Usar babyliss ou chapinha com os fios molhados também é proibido! Ainda que pareça que você está economizando tempo, isso é muito perigoso, pois pode queimar o cabelo e quebrá-lo. Outra dica para garantir a saúde das mechas é penteá-las durante o banho para facilitar o momento desembaraçá-las.

Alimentação

Talvez você não saiba, mas o que ingerimos diariamente tem grande poder de influência sobre a saúde das mechas. O açúcar e os derivados do leite em alta quantidade, por exemplo, acabam causando uma inflamação no organismo e  propiciando o aumento da oleosidade tanto nos fios, quanto da pele. Por isso, o controle na alimentação é importante, principalmente pra quem já tem o cabelo oleoso. 

Uma dieta equilibrada pode ajudar nesse caso. Lembrando que não é sobre ficar encanada com seu próprio corpo, ok? Alimentação saudável é sinônimo de vitaminas e minerais necessários para que nosso organismo consiga funcionar e trabalhar da forma correta. Aqui, fizemos uma lista de alimentos que podem te ajudar na hora de cuidar dos fios! 

Continua após a publicidade

Gostou das dicas?

Quem deu as informações: Dra. Veridiana Abud, formada em Medicina pela Universidade Cidade de São Paulo e pós-graduanda em Dermatologia, e Dra. Flávia Basílio, formada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná e membra titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).  

Publicidade