Influencer de beleza compartilha selfie e faz desabafo sobre espinhas

Ela aproveitou para refletir sobre a pressão que existe para se ter uma pele "perfeita"

O movimento de autoaceitação, principalmente o body positivity, tem crescido na web e influenciado pessoas a se voltarem para outros pontos além do corpo. É o caso do skin positivity, relacionado a se sentir bem com a pele. Cada vez mais garotas estão compartilhando fotos sem maquiagem e suas histórias com a acne para inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo. E foi o que fez Ingrid Nilsen, uma youtuber de beleza americana.

As espinhas podem inflamar e doer, e por isso precisamos tratá-las. Mas o que acaba incomodando muito mais é o fato de não se sentir tão bonita quando algum pontinho vermelho aparece. Nesses momentos, é comum tentar escondê-los com maquiagem, mas sabia que não precisa ser assim? A influencer Ingrid Nilsen compartilhou uma mensagem importante em seu Instagram sobre sua relação com a pele e como parar de se importar menos com o que as pessoas consideram uma pele “perfeita” a ajudou a se sentir melhor. 

Junto com uma selfie em que aparece de cara lavada e com uma espinha à mostra, Ingrid escreveu que todos os dias somos somos influenciados por mensagens que ditam o que é ou não bonito. E admitiu sua própria culpa nisso, por fazer parte da indústria de beleza há quase 10 anos.

Ela também afirmou que existe um grande problema quando se utiliza os termos pele “boa” e pele “ruim”. “Se você tem uma pele “boa”, sente a pressão para manter esse nível de perfeição. Se você tem uma pele “ruim”, sente que é inferior e a busca pela “boa” pele pode ser muito cansativa”. E, no fim, concluiu que o que as duas coisas têm em comum é o sentimento de que não somos boas o suficiente.

View this post on Instagram

Pimples happen. At 29 (after years of adult acne, scars, etc.) this is the first time I have felt completely at ease and pretty while breaking out. I haven't tried to cover it up with makeup and there's no filter on this photo. There are so many messages being thrown at us every day telling us what's beautiful and what's not. As someone who has been in the beauty industry for almost 10 years, I've definitely contributed to this. Personally, I have grown to dislike the terms "good" and "bad" skin because they come with dangerous consequences. If you have "good" skin you feel the pressure to maintain this perceived level of perfection and any blemish, wrinkle or scar is felt as a personal failure. If you have "bad" skin you feel like you are less than and the pursuit of "good" skin can be absolutely exhausting. Ultimately, what these two things have in common is the feeling that we're not good enough. It hit me last night that this pimple is a physical manifestation of all the work I did last week. I pushed through nerves, anxiety, and some of my biggest fears to strive for something I've always wanted to do. I'm proud of that and if this is my body's way of saying "We did it, but MAN I'm tiiiiired!" then I'm proud of that too. Our bodies are so complex. They work hard for us every day, whether we notice it or not, so try to be generous with yourself. Meet yourself where you are right now and sink into the gratitude of the breath you just took. That's your body telling you you're good enough… because you're alive.

A post shared by Ingrid Nilsen (@ingridnilsen) on

Ingrid finalizou dizendo que decidiu mudar sua própria atitude para que não se sentisse dessa maneira. Por isso, dessa vez, quando a espinha surgiu tentou pensar em todos os fatores que a fizeram aparecer e lembrou que teve uma semana difícil e que o corpo é influenciado por tudo o que fazemos. “Nossos corpos são muito complexos, eles trabalham duro para nós todos os dias, percebamos ou não, então tente ser generosa consigo mesmo”.

E aí, o que achou da mensagem? 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s