Body shaming: 14 lições de famosas que já foram criticadas por seus corpos

Coloque na balança respeito, amor próprio e aceitação. É isso que importa!

Por Isabella Otto - Atualizado em 9 out 2019, 19h09 - Publicado em 9 out 2019, 16h00

Quantas vezes você já não estava quietinha na sua casa, sem incomodar ninguém, e, ao entrar nas redes sociais, se deparou com um comentário de ódio gratuito? Nessas horas, você não tem vontade de perguntar para a pessoa se ela não tinha nada mais relevante para fazer? Principalmente se o hater tiver ofendido alguém próximo a você, como a sua melhor amiga, ou alguém que você admira muito, como o seu ídolo. A verdade é que, enquanto você está lendo esta matéria, alguém já está preparando os dedinhos para ofender alguém gratuitamente na internet, sem ao menos conhecer a pessoa, na maioria dos casos. Assustador, não?

A lista abaixo enumera garotas e mulheres de diferentes idades e biotipos que já sofreram body shaming  nas redes. Ou seja, que já foram criticadas por seus corpos, sendo chamadas de “gordas”, de “esqueletos humanos” ou acusadas de estar “fora dos padrões de beleza hollywoodianos”. Mas que padrões são esses que machucam, denigrem, ofendem e pregam o ódio na internet, um lugar tão maravilhoso, mas, ao mesmo tempo, tão perigoso?

Saiba que a única diferença das pessoas abaixo para você, para a sua amiga, sua mãe, prima ou colega de fandom é que elas são famosas. Mas não se engane pensando que isso serve de consolo. O body shaming pode atingir, machucar, deprimir e, em casos mais extremos, acabar com a vida de qualquer pessoa. Que o amor vire rotina. Que o amor… Ah, esse, sim, vire um padrão de beleza.

1. Ariana Grande em: não existe corpo bonito ou feio. Todos são únicos e lindos!

Em fevereiro de 2017, Ariana Grande se apresentou ao lado de Nicki Minaj no intervalo do NBA All-Star Game. Depois do show, a rapper postou no Instagram um vídeo mostrando parte da performance, sensualizando ao lado da Ari. Em questão de segundos, a publicação recebeu inúmeros comentários de pessoas comparando o bumbum da Ariana com o de Nicki e caçoando a cantora por sua “falta de carne”, como muitos estavam dizendo. “Por favor, as pessoas são tão ignorantes algumas vezes. Parem de tentar fazer os outros se sentirem mal com seus próprios corpos. É ok ser diferente… Seja com curvas ou sem“, escreveu Ari nos comentários, e ainda aproveitou para responder os haters que questionaram o que ela estava tentando fazem com o seu bumbum: “Btw, eu estou mexendo a minha linda, fofa e pequena bundinha ao lado da linda bundona da Nicki. E as duas são lindas!”.

2. Demi Lovato em: combata o ódio com amor (e bom humor!)

Continua após a publicidade

Desde 2011, quando Demi saiu de sua primeira passagem por uma clínica de reabilitação, ela vem sofrendo com os comentários maldosos a respeito do seu peso. Quer dizer, no começo, a cantora admitiu que chegou a se importar com a opinião das pessoas que diziam que ela estava gorda, mas, depois, percebeu que isso não fazia a mínima diferença. Em dezembro de 2014, um seguidor mandou o seguinte tuíte para a Demetria: “Cale a boca, gorda. Não se engasgue comendo seu McDonalds!”. A diva, que acredita que a melhor forma de desestabilizar os haters é usando o bom humor, respondeu: “Mas… Big Macs…”; e ainda complementou dizendo que o usuário da rede social era lindo assim mesmo e que para cada tuíte com conteúdo ofensivo, não responderia com ódio, mas com amor e positividade. Depois disso, Demi protagonizou outros inúmeros casos de amor próprio nas redes. Recentemente, a cantora postou em seu Instagram uma foto de suas coxas sem edição nenhuma enquanto estava na praia e disse: “Eu não tenho um espaço entre as coxas e sou linda do jeito que sou”. DIVA!

3. Jennifer Lawrence em: algumas pessoas são, simplesmente, hipócritas. Não dê ouvidos!

Outra warrior, fora e dentro das telonas (alô, Katniss!), que já foi criticada por seu peso foi a JLaw. Os haters afirmam que a atriz não se encaixa nos padrões de beleza hollywoodianos (zzZzzzZzzZ). De acordo com o Chicago Sun-Times, Jennifer declarou que os julgamentos chegam a ser hilários: “Primeiro, as pessoas comentam como as atrizes de Hollywood parecem anoréxicas. E agora estão me criticando por parecer normal ?”. Bom senso, a gente não vê por aqui, Jen.

4. Kéfera Buchmann em: saúde vem em primeiro lugar sempre.

Em 2014, Kéfera começou a postar mais fotos na academia do que de costume. Na época, passou a receber um montão de comentários dizendo que ela havia mudado, que nunca havia se preocupado com a aparência e que agora estava se transformando em uma “rata de academia”. Como resposta às críticas, a atriz publicou uma foto e desabafou: “Tenho milhares de problemas de estômago e passei o ano sentindo dor, porque eu não conseguia mais parar de comer besteira. Por esses e outros motivos que eu digo: eu estava tentando me destruir. Desde novinha eu desconto tudo na comida, assim como milhares de seguidoras minhas, e eu sei disso porque eu já recebi milhares de cartas e e-mails com desabafos tristíssimos de garotas com bulimia, anorexia, compulsão alimentar; e que se automutilam. Tudo isso por se sentirem ‘fora do padrão’. Então, eu entendo o quão difícil é ter um distúrbio alimentar. E eu não me envergonho disso . Todos temos problemas a superar. Então, para as minhas seguidoras com problemas de baixa autoestima: não se desesperem, porque tudo tem jeito! E fiquem tranquilas, porque eu não virei aquelas meninas de academia que ficam postando fotos com hashtag #nopainnogain. Eu sou a favor do amor próprio”. Nós também, Keh!

5. P!ink em: tem muita gente querendo cuidar da vida alheia, mas as contas… Ah, isso o povo não quer pagar. Então, gata, não se incomode com os haters de plantão.

Continua após a publicidade

Há alguns anos, P!nk foi chamada de “vaca gorda” por certos usuários do Twitter, que, após verem algumas fotos da cantora no evento de caridade promovido pelo John Wayne Cancer Institute, chegaram à brilhante (aos desavisados, isso foi uma ironia) conclusão de que ela não era mais sarada. E você acha que a P!ink ignorou esses comentários maldosos? É claro que não. No Twitter, ela escreveu: “Admito que aquele vestido não ficou tão fotogênico quanto na minha cozinha. Mas eu também admito que me senti bonita. Na verdade, linda! Então, minhas queridas e encanadas pessoas, parem de se preocupar comigo. Eu não estou preocupada comigo. E eu também não estou preocupada com vocês. Eu estou perfeitamente bem, feliz, saudável, sensual e incrivelmente forte. Obrigado. Com amor, cheesecake”. SO WHAT! SHE STILL A ROCK STAR!

6. Kelly Clarkson em: as curvas do seu corpo ou seu peso na balança não ditam quem você é.

Pouco tempo depois de P!ink ter sido vítima de body shaming, Kelly Clarkson foi chamada de gorda nas redes sociais. A cantora, que em junho de 2014 deu à luz sua primeira filhinha, River Rose, respondeu as críticas: “Não vou ficar obcecada com o meu peso, que é provavelmente um dos motivos pelos quais as pessoas estão se incomodando. Há algumas pessoas que nascem magras e com um ótimo metabolismo, mas eu não sou assim. Eu queria ter um metabolismo melhor. Mas outras pessoas provavelmente queriam entrar em um lugar e fazer amizades com todo mundo, como eu faço. Você sempre quer algo que o outro tem”. A cantora também deixou claro que seu peso não faz com que seu marido a ame menos, como alguns haters estavam dando a entender.

7. Lily Allen em: algumas pessoas falam demais e sabem de menos.

A apresentadora britânica Katie Hopkins participou de uma brincadeira promovida pela revista Heat e contou algumas verdades sobre alguns famosos. Na vez de falar sobre Lily Allen, Katie se privou ao peso da atriz. “Depois de tragicamente perder um bebê no fim da minha gravidez, posso ter ganhado alguns quilos. Sou uma das muitas pessoas que encontram conforto na comida. As duas gestações que seguiram foram apavorantes, por causa do que aconteceu antes, e eu fiquei na cama de repouso por quase 20 meses. Não estava me exercitando, porque não queria nenhum risco. A sobrevivência dos meus filhos era mais importante do que estar magra. Alguém pode me dizer qual é a intenção da Katie Hopkins ao atacar verbalmente garotas que têm metade da idade dela?”, desabafou Lily no Twitter. Logo em seguida, a cantora apagou o comentário e justificou dizendo que havia exposto demais a família e dado à apresentadora justamente o que ela queria: cinco minutinhos de fama. #lacramesmo

8. Manu Gavassi em: os haters nunca estão contentes, siga o seu caminho e não viva por eles.

Continua após a publicidade

Durante férias em Cancun, em 2015, quando postou a foto acima da esquerda, Manu Gavassi recebeu uma chuva de comentários dizendo que ela era “cabeçuda”, “só tinha cabeça” e era um “esqueleto humano”. Parece que algumas pessoas simplesmente se incomodam demais com a felicidade alheia, né, Manu? “Magrela, ame seu ‘corpitcho’ neste verão! Não precisa ser gostosona para ser linda. Ame seus ossinhos e ame as gordurinhas também”, escreveu Manu como legenda de uma imagem postada logo em seguida no Instagram.

9. Selena Gomez em: estar feliz com o próprio corpo importa. A opinião alheia, não.

Sel foi mais uma vítima do body shaming. Há alguns anos, algumas fotos da cantora curtindo uma prainha no México foram parar na internet. As imagens despertaram a ira dos haters, que aproveitaram a oportunidade para destilar seu veneno nas redes sociais. “Se você acha que está difícil para você, imagina para a Selena Gomez com esse biquíni e gorda pra c@r$lh%” e “Você precisa treinar. Pare de comer junk food!”, foram alguns comentários que Sel recebeu. A cantora aproveitou a fama para confortar aquelas meninas que, eventualmente, também possam estar sofrendo com o cyberbullying. “Eu amo estar feliz comigo mesma. #TemMaisParaAmar“, escreveu a cantora no Instagram, como legenda da foto da esquerda. E ainda mandou um recadinho para finalizar: “E eu malho, ok? Mas não é a sua função ficar dizendo para ninguém o que eles devem ou não fazer. But when it comes to me, I wouldn’t want to be anybody else. =)

10. Taylor Swift em: no final, tudo que você precisa fazer é shake it off !

Piadas sobre o bumbum da Taylor Swift não faltam na internet. Você sabia que já existiu até um Tumblr dedicado a essa parte do corpo da cantora? Pois é. Em novembro de 2014, o DJ Diplo pensou que seria legal fazer uma “piadinha” sobre o bumbum da loira. “Alguém deveria fazer um Kickstarter (site de financiamento coletivo) para arrumar uma bunda para a Taylor Swift”, escreveu no Twitter. Na época, Tay não chegou a se pronunciar sobre o ocorrido, mas a amiga Lorde soltou o verbo e respondeu a piadinha do DJ com outra piadinha: “Devemos fazer algo em relação ao seu pequeno pênis também?”. And the haters gonna hate, hate, hate. I’m just gonna shake, shake, shake, shake it off!

11. Sasha Pieterse em: só você sabe o que está passando e não precisa dar satisfação a ninguém.

Continua após a publicidade
Reprodução/Instagram

A Alison, de Pretty Little Liars, começou a receber muitos comentários maldosos em suas redes sociais depois que ganhou peso, em 2015. Acontece que a atriz sofre com problemas hormonais e de tireoide, por isso seu ela vive no efeito sanfona. Aos haters que passaram a chamar de gorda, ela respondeu com bom humor e explicou que a saúde vem em primeiro lugar. “Estou sob construção… obrigado por sua paciência”, dizia a imagem compartilhada pela atriz em suas redes sociais. “Para aqueles que lidam com algum problema de saúde, desequilíbrio hormonal e ganho de peso, eu preciso encorajá-los a lidar com isso de uma forma saudável. Você e sua saúde são o que importa, e não a opinião dos outros. Ser saudável não é só sobre malhar e se alimentar corretamente (embora isso também seja importante), mas é sobre se cercar de pessoas que se importam com você e que querem ver você se tornar a melhor pessoa que pode ser”, escreveu. PÁ!

12. Gigi Hadid em: a gente cresce, o corpo muda. É normal!

Reprodução/Instagram

Em 2016, a modelo começou a receber muitas críticas por ter dado uma secada no corpo e teve gente até especulando que ela teria feito cirurgias plásticas ou estaria sofrendo de distúrbios alimentares. Depois de alguns comentários maldosos em seu Instagram, Gigi não aguentou mais e decidiu responder uma de suas haters. “Isso (a perda de peso) se chama crescimento. Os corpos mudam conforme as meninas viram mulheres. Ter meu corpo sendo julgado por todo mundo nos últimos quatro anos em que eu tenho deixado a menina de lado e me tornado mulher realmente me mostrou a tendência humana de rotular e julgar os outros. Eu amava meu corpo quando tinha 17 anos e era uma atleta e amo ele agora”, disse a modelo, que explicou que, além do crescimento natural, ela mudou alguns de seus hábitos alimentares e deixou de fazer esportes como o vôlei, que a davam muito músculo. Para completar, ela terminou deixando uma reflexão: “Seu comentário não me afeta, mas. da próxima vez, pense nas jovens que podem ler comentários como o seu e julgar a si mesmas enquanto seus corpos estão crescendo e, naturalmente, mudando”.

13. Lady Gaga em: ajude os outros a se amarem também.

Reprodução/Instagram

No começo de 2017, Lady Gaga foi a responsável por fazer o show no intervalo do SuperBowl, um dos eventos esportivos mais importantes dos Estados Unidos. A cantora arrasou com um medley de suas melhores músicas e até surpreendeu ao pular do teto do estádio onde o jogo da final de futebol americano estava rolando. Mas aparentemente isso não foi o suficiente para deixar os haters longe. Assim que seu show acabou, a cantora recebeu muito comentários que a chamavam de gorda nas redes sociais. “Eu soube que meu corpo agora é um assunto nas conversas, então quero dizer que estou completamente orgulhosa dele e você também deveria se sentir assim em relação ao seu”, escreveu Gaga em seu Instagram. “Seja você, seja implacavelmente você. Isso é que é ser campeão”, concluiu.

14. Kim Kardashian em: se as pessoas continuarem ligando, mande um “beije minha bunda” e vá ser feliz!

Continua após a publicidade
Reprodução/Instagram

Também em 2017, a socialite estava de boa curtindo umas férias no México quando foi flagrada por paparazzi na praia. As fotos logo circularam o mundo e mostravam que Kim também tem celulite e, por isso e pelo tamanho de seu bumbum, ela acabou recebendo muito body shaming. A crítica foi tanta que Kim acabou perdendo cerca de 100 mil seguidores no Instagram depois que as fotos caíram na internet. Mas ela logo percebeu que era possível responder os haters – e que não precisava nem usar palavras para isso! Após as críticas, Kim foi lá, colocou outro biquíni e fez vários vídeos curtindo seu próprio “corpitcho” no Stories. Maravilhosa, né?

Conhece alguém que sofre com o body shaming nas redes sociais? Vamos dar um basta nisso!

Publicidade