Homem solto após ejacular em mulher em ônibus é preso novamente

Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, foi detido duas vezes somente nesta semana

Por Da Redação - Atualizado em 2 set 2017, 12h21 - Publicado em 2 set 2017, 12h20
Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, foi detido duas vezes somente nesta semana G1/Reprodução

O homem que foi preso nesta semana – e depois solto pela Justiça de São Paulo -, por ejacular em uma mulher dentro de um ônibus, foi detido novamente na manhã deste sábado (2/9) ao atacar outra passageira dentro de um coletivo na região da Avenida Paulista, na capital.

Segundo o G1, a nova prisão de Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, aconteceu por suspeita de ato obsceno contra uma mulher dentro de um ônibus que passava pela Avenida Brigadeiro Luis Antônio. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Polícia Militar, enviadas ao portal, o suspeito foi detido por volta das 8h pelos próprios passageiros do coletivo, que na sequência chamaram a polícia.

Instagram/Reprodução

Diego foi levado para o 78º Distrito Policial (DP), nos Jardins, juntamente com a vítima e testemunhas. Ele foi identificado pelos policiais civis através de documentos e comparação com fotos anteriores dele, de quando foi detido pela última vez, no caso, na última terça-feira (29/8).

Mesmo tendo em sua ficha criminal outras 15 passagens por crimes sexuais, o juiz José Eugenio do Amaral Souza Neto liberou Diego Ferreira de Novais na última quarta-feira (30/8), pois entendeu que não era necessária a manutenção da prisão. “Entendo que não houve constrangimento tampouco violência ou grave ameaça, pois a vítima estava sentada em um banco de ônibus, quando foi surpreendida pela ejaculação do indiciado”, dizia um trecho da sentença.

Continua após a publicidade

O portal G1 divulgou o teor das outras passagens de Diego, e os dados são assustadores, principalmente pela impunidade e falta de apoio da Justiça às vítimas de crimes sexuais cometidos contra mulheres no Brasil.

Publicidade