De Elizabeth II à Meghan Markle: as tiaras usadas nos casamentos reais

O acessório é tradição da realeza britânica e carrega muita história!

Por Sofia Duarte - Atualizado em 25 jul 2020, 01h16 - Publicado em 25 jul 2020, 10h00

Quando se trata de casamento real, não faltam especulações e expectativas sobre o vestido de noiva, né? Mas há uma outra peça que também é muito importante para o look nessas ocasiões, a tiara. O uso do acessório é uma tradição da realeza britânica e pode carregar significados bem especiais. Vamos relembrar 8 das últimas cerimônias para provar que realmente o item faz toda a diferença no visual das princesas, duquesas, rainhas… Confira!

Meghan Markle e Kate Middleton em seus casamentos Getty Images/CAPRICHO

O casamento mais recente foi o da princesa Beatrice com o empresário italiano Edoardo Mapelli Mozzi, no dia 17 julho de 2020. Ela apostou em uma tiara de diamantes que foi emprestada de ninguém mais, ninguém menos que a rainha Elizabeth II. A monarca usou o item em seu próprio casamento com o príncipe Philip, em 1947. Acredita?!

Princesa Beatrice e Edoardo Mapelli Mozzi se casam em Windsor Instagram/@theroyalfamily/Benjamin Wheeler/Reprodução

A princesa Eugenie, irmã de Beatrice, oficializou a união com o empresário Jack Brooksbank em outubro de 2018. A tiara dela, feita de diamantes e esmeraldas, era datada de 1919, foi da socialite britânica Margaret Greville e pertence à coleção da rainha Elizabeth desde 1942.

Princesa Eugenie em seu casamento
Princesa Eugenie em seu casamento em outubro de 2018 Pinterest/Reprodução

Em seu casamento com o príncipe Harry em maio de 2018, Meghan Markle usou uma tiara de diamantes toda luxuosa, que também faz parte do acervo da rainha Elizabeth II. Originalmente, o acessório pertenceu a rainha Mary de Teck.

Vestido de noiva de Meghan Markle no casamento real com príncipe Harry
Meghan Markle em seu casamento em maio de 2018 WPA Pool/Getty Images

Zara Tindall, neta mais velha da rainha e filha da princesa Anne com Mark Phillips, se casou em 2011 com o jogador de rugby Mark Tindall. Para a ocasião, ela escolheu uma tiara grega que foi emprestada de sua mãe e que também já tinha sido de sua avó.

Continua após a publicidade
Zara Tindall em seu casamento em julho de 2011 Jeff J Mitchell/Getty Images

O acessório de diamantes da Cartier usado por Kate Middleton em seu casamento com o príncipe William, em abril de 2011, é de 1936 e foi um presente da mãe da rainha Elizabeth II para a filha. O item já fez parte de produções icônicas de outras mulheres da realeza, como a princesa Anne. Muita história envolvida, né?!

kate-middleton-faz-a-propria-maquiagem
Kate Middleton em seu casamento em abril de 2011 Dan Kitwood/Getty Images

Em julho de 1981, a princesa Diana se casou com o príncipe Charles e escolheu para a ocasião uma tiara que leva o nome de Spencer e era bem importante para sua família. Antes de Diana, a primeira esposa de seu irmão Charles Spencer, Victoria Lockwood, e Lady Sarah, irmã mais velha de Diana, haviam usado a peça. Em 2018, a sobrinha da princesa, Celia McCorquodale, também apostou no item em seu casamento.

Princesa Diana e príncipe Charles em seu casamento em 1981 Anwar Hussein/WireImage/Getty Images

Em seu casamento com Mark Phillips, em 1973, a princesa Anne, filha da rainha Elizabeth II, apostou na tiara que sua própria filha, a princesa Beatrice, também usou em 2020.

Princesa Anne e capitão Mark Phillips em seu casamento em 1973 PA Images/Getty Images

E a mesma tiara foi a escolha da rainha Elizabeth II em seu casamento com o príncipe Philip, em novembro de 1947. A peça foi, originalmente, feita para a rainha Mary de Teck, avó da rainha Elizabeth II.

Rainha Elizabeth II usando a tiara de diamantes em seu casamento com o príncipe Philip em 1947 PA Images/Getty Images

E aí, qual dessas tiaras você usaria no seu casamento real? Hahaha!

Continua após a publicidade
Publicidade