Navegue pelo mundo da moda com esta ferramenta incrível do Google

Conheça a história de estilistas famosos, entre em exposições de museus e muito mais!

Por Sofia Duarte - Atualizado em 2 jun 2020, 19h20 - Publicado em 2 jun 2020, 13h31
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Arts & Culture, do Google, é uma plataforma na qual você pode ~mergulhar~ em fotos de exposições e obras de arte feitas por mais de 10 mil artistas ao redor do mundo.

E, quando se trata de moda, o universo também é muuuito vasto! A ferramenta disponibiliza, por exemplo, o acesso ao acervo do MASP, que traz o vestuário da Rhodia, empresa francesa que promovia seus fios sintéticos no Brasil por meio dos famosos “desfiles-show”, espetáculos que misturavam moda, dança e artes visuais nos anos 1960 e 1970. Essa mostra possui 79 roupas criadas a partir da colaboração entre artistas e estilistas na década de 1960, e ver tudo isso online é uma experiência superlegal!

Vestido feito pelo artista Aldemir Martins e pelo estilista Jorge Farré. Acervo Rhodia do MASP Google Arts & Culture/Divulgação

Para você conhecer melhor os estilistas, a aba “Os Ícones” traz a história de rostos famosos que mudaram a forma como nos vestimos, do “New Look” de Christian Dior ao ativismo vegano de Stella McCartney.

Look de Christian Dior exposto no The Metropolitan Museum of Art, de Nova York Google Arts & Culture/Divulgação

Também dá para conhecer a trajetória de ninguém mais, ninguém menos do que Coco Chanel, um dos nomes mais importantes da moda do século XX. Sabia que o icônico terninho de duas ou três peças foi introduzido em 1910, mas só em 1954 incorporou características típicas, como botões dourados, punhos e lapelas da jaqueta?

Continua após a publicidade
Terno (1963-68) da Chanel, exibido no The Metropolitan Museum of Art, em Nova York Google Arts & Culture/Divulgação

Além disso, temos brasileiros na área! Um deles é o ilustrador, desenhista e designer Alceu Penna, que lançou tendências e influenciou gerações com seus traços ousados e cores vibrantes. Ele estampou capas de revistas como O Cruzeiro (na qual chegou a ter uma coluna de moda de 1930 a 1960), A Cigarra e Tricô e Crochê e criou figurinos para filmes e peças de teatro, fantasias para escolas de samba e estampas para empresas da indústria têxtil, como a própria Rhodia. Demais, né?

Ilustrações de Alceu Penna Google Arts & Culture/Divulgação

E aí, ficou vontade de explorar o Google Arts & Culture? É uma ótima fonte de pesquisa, hein? 😉

Publicidade