Modelo da Victoria’s Secret revela que foi cortada de desfile por ser negra

Leomie Anderson publicou o desabafo em seu Twitter: "Vi seis meninas brancas serem escolhidas".

Há algum tempo a indústria da moda parece estar evoluindo: vemos desfiles sem distinção de gênero ou idade, inclusão de vários tamanhos para roupas e também modelos de diferentes etnias nas passarelas. Mas nos bastidores a evolução não ganhou tanta força. Modelos negras (ou plus size) ainda reclamam do tratamento diferente que recebem quando não há câmeras para gravar. Leomie Anderson é uma das que não se calam e buscam fazer a diferença.

leomie-anderson-vsfs-modelo-cortada-de-desfile Leomie Anderson desfilou no Victoria’s Secret Fashion Show (2016) e está confirmada para o de 2017 também.

Leomie Anderson desfilou no Victoria’s Secret Fashion Show (2016) e está confirmada para o de 2017 também. (Pascal Le Segretain/Instagram)

No último sábado (16/9), a modelo postou um desabafo no Twitter falando sobre ser dispensada de um casting apenas por ser negra! Ela não citou o nome da marca ou dos estilistas que cometeram tal ato de racismo, mas se mostrou muita chateada. “Eu não acredito que fui para um fitting às 8:40 da manhã, para ser colocada em uma fila com outras seis meninas brancas e assistir a elas serem selecionadas” twittou a modelo. E logo em seguida a continuação: “E depois disseram: ‘Ele não encontrou nenhum look para vocês’, para mim e para uma modelo brasileira bronzeada. Escolheram apenas uma menina mestiça com cabelo cacheado como cota”. 

Na segunda-feira (18/9), Leomie participou de um programa da rádio BBC e completou seu discurso: “Eu sinto que existem muitas situações em que modelos negras se sentem como cidadãs de segunda classe durante as Semanas de Moda ou em trabalhos”. A própria modelo também contou que quando era mais nova, ela chorava e não falava nada quando alguém não queria cuidar dos seus cabelos ou fazia algum comentário maldoso. Mas agora ela se sente na obrigação de lutar contra esse tipo de coisa: “Neste ponto da minha carreira, eu sinto que ficar em silêncio sobre isso seria não me posicionar para outras meninas mais novas, que estão entrando na indústria”. 

leomie-anderson-vsfs-modelo-cortada-de-desfile Um beijo de Leomie Anderson e Zuri Tibby pros haters.

Um beijo de Leomie Anderson e Zuri Tibby pros haters. (Dimitrios Kambouris/)

Pisa menos, Leomie! Representatividade e respeito é importante em qualquer momento fashion, seja nos desfiles ou nos bastidores. 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Mariane Sales

    Ela disse que “contrataram uma menina mestiça de cabelo cacheado apenas como cota” Porque cota? Não pode ser porque a menina era mais bonita que ela? Não é menosprezar uma mulher mestiça dizendo que ela foi eleita “por cota” e não por ser bonita e talentosa? A modelo estar triste pq não foi escolhida até entendo, mas não deveria menosprezar uma garota que também é minoria.

    Curtir