Show da Ariana Grande em Manchester deve acontecer em breve

A cantora deve voltar à cidade neste domingo para homenagear as vítimas do atentado

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 29 Maio 2017, 17h25 - Publicado em 29 Maio 2017, 12h52

O show que Ariana Grande estava pensando em fazer em Manchester em homenagem às vítimas do atentado que aconteceu na semana passada deve rolar antes do que a gente imaginava!

De acordo com o TMZ, a cantora está planejando voltar a se apresentar na cidade neste domingo, 4 de junho. Junto com seu empresário, Scooter Braun, ela está recrutando vários artistas famosos para cantarem com ela no evento. O show deve rolar em uma das quatro grandes arenas da cidade, mas não na principal, a Arena de Manchester, que foi onde aconteceu o ataque.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

🏹 ♡

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande) on

Continua após a publicidade

Na sexta-feira (26), Ari publicou um comunicado dizendo que não queria “passar o resto do ano sem ver, abraçar e animar seus fãs”, da mesma forma que eles fazem com ela. “Nossa resposta para essa violência deve ser ficarmos unidos, ajudar um ao outro, amar mais, cantar mais alto, viver de forma mais bondosa e generosa do que vivíamos antes”, escreveu a cantora.

+ Leia mais: Homenagem: fãs colocam hit de Ariana Grande no topo das paradas

O show vai arrecadar fundos para os feridos e as famílias das vítimas do atentado que aconteceu na última segunda-feira (22), quando um homem chamado Salman Abedi explodiu uma bomba na saída de um show da cantora e matou 22 pessoas.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

I'm…… jus….. thinkin bout you… Love you, Saint Paul 💒 Thank you so much #reallytho #thinkinboutyou #2sleeps 💘🙏🏼

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande) on

No fim de semana, Frankie Grande, o irmão de Ariana, usou o Twitter para expressar seus sentimentos a todos os afetados pelo ataque. “Minhas rezas, meus pensamentos, minhas meditações e forças estão focados em todas as famílias e vítimas afetadas pela tragédia horrível que aconteceu em Manchester. Eu repito os sentimentos da minha irmã e digo que não podemos deixar que ódio propague ódio e que medo propague medo. Devemos nos juntar e espalhar a mensagem do amor, da união e do empoderamento. Então eu digo, como já disse antes, brilhe mais forte e, quando o mal venha tentar sugar a sua luz, jogue a sombra pro lado de sua linda alma e brilhe ainda mais forte! Amo muito vocês e obrigado por mandar forças durante esse momento difícil”, escreveu.

 

Publicidade