Encontramos as mensagens escondidas no clipe de The Man, da Taylor Swift

Teve shade para Scooter Braun, possível data de novos lançamentos e Taylor caracterizada como homem. Vem assistir!

Antes tarde do que nunca! Após muitos pedidos dos fãs, Taylor Swift lançou The Man como single e se transformou em um homem na caracterização para o clipe, ficando irreconhecível. Como já é esperado pelos swifties, Tay encheu a produção de easter eggs e shades para Scooter Braun, com quem teve uma briga no último ano por conta dos direitos de seus álbuns.

Podemos começar reparando em como a Taylor ficou incrível com a maquiagem? Teve muito fã que ficou esperando uma aparição da loira e só descobriu que era a própria cantora o tempo todo no fim do vídeo, quando os créditos mostraram a caracterização sendo feita. Olha só o processo e o resultado:

Já no começo do vídeo é possível ver uma referência ao filme O Lobo de Wall Street, protagonizado por Leonardo DiCaprio, que é citado na canção de Tay: “Eu seria como o Leo, em Saint-Tropez”, diz a letra, se referindo as festas que o ator dá na cidade francesa. Dá uma olhada na comparação das duas cenas:

Na cena do metrô, o homem do vídeo mostra mais traços de sua personalidade, se sentando com as pernas abertas e fumando em cima de outras pessoas sem se preocupar com o incomodo que está causando. Os jornais e anúncios também mandam algumas mensagens. Um deles diz: “São homens contra garotos, sem mulheres por perto”, enquanto outra manchete fala sobre relacionamentos na mídia: “Qual homem ganhou em namoro de celebridades?”, mostrando que caras são exaltados por seus relacionamentos e as mulheres são julgadas, como Taylor tem sido por anos.

Scott Borchetta não foi esquecido na hora dos shades. Taylor colocou um pôster com a frase “Chefe Scott, capitaliza o sentimento”, se referindo ao caso em que seus álbuns foram vendidos junto com a gravadora Big Machine Records para Scooter Braun, sem que Scott sem importasse com o que aquilo significava para ela.

E falando em seus álbuns, o nome de cada um deles está escrito na parede ao lado de um cartaz de desaparecidos. “Se encontrar, devolva a Taylor Swift”, diz a mensagem. O número de sorte da loira também está presente na cena, acompanhado da palavra “karma” que está escrita duas vezes, assim como o nome do 1989. O cartaz do documentário traz “Tyler Swift em Mr. Americana”, mostrando o protagonista homem estrelando o longa.

Quer mais shade? Uma placa aponta que é proibido patinetes, que em inglês significam Scooter! Hahaha. (P.S. os fãs repararam que ela ficou bem parecida com Jake Gyllenhaal, seu ex-namorado, no pôster do filme).

Após isso, o cara aparece cuidando de sua filha, ou seja, fazendo sua obrigação de pai. Mulheres fazem o mesmo e não recebem essa atenção e reconhecimento. Mas é claro que ele é exaltado por isso e todos aplaudem, se esquecendo de suas atitudes ruins. Na cena seguinte, ele está em uma festa com outros homens, falando de modelos e exibindo dinheiro que traz seu rosto na cédula.

Já a cena do jogo de tênis trouxe uma participação do pai de Taylor! A situação é uma referência a Serena Williams, que foi punida por sua reação em um campeonato, diferente de homens, que quando tem a mesma resposta de Serena, são apenas chamados de apaixonados pelo esporte. A cantora curtiu um post no Tumblr confirmando a teoria.

Teve gente que também reparou que o corredor do vídeo se parece bastante com o corredor da casa de Kanye West, será? Outras pessoas perceberam como têm 19 mãos nessa mesma cena, e Taylor curtiu uma teoria que confirma que isso faz referência a alteração na décima nona emenda na constituição dos Estados Unidos.

Taylor ainda brincou com os swifties em uma piada interna do fandom. No último ano, a cantora postou uma foto atrás de uma cerca e os fãs contaram os buracos achando que seria uma regressiva para o lançamento de alguma novidade do novo álbum! Olha o post que ela curtiu no Tumblr:

Ao fim do vídeo, Tay aparece, como ela mesma, nos bastidores, e pede para que a versão masculina dela faça algumas coisas diferenças no próximo take: “Você pode tentar ser mais sexy? Talvez mais agradável dessa vez?”, disse a cantora. A voz do homem é feita por Dwayne Johnson. Reparou?

Vale destacar que o vídeo foi dirigido, estrelado e escrito pela cantora. E a Taylor faz tudo! Hahaha.

Ainda na cena do metrô, vemos a data 20 de julho no pôster de um filme. Será que tem novidade vindo por aí?

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s