Tatá Werneck desabafa sobre Paulo Gustavo e se revolta com negacionistas

A apresentadora e atriz chamou de "escrotos e irresponsáveis" aqueles que negam a gravidade da Covid-19

Por Vitória Macedo Atualizado em 20 Maio 2021, 18h25 - Publicado em 20 Maio 2021, 15h09

Tatá Werneck utilizou uma rede social nesta quinta-feira (20/5) para fazer um desabafo após a morte de Paulo Gustavo, em decorrência da Covid-19, e mandou um recado para aqueles que negam a gravidade da pandemia

Ela compartilhou um vídeo da instalação das 46 placas da rua que recebeu o nome do ator como homenagem, em Niterói, Rio de Janeiro. Antes era conhecida como Rua Coronel Moreira César, agora tem o nome de Ator Paulo Gustavo. 

  • “Meu amigo. Eu ainda acho insuportável imaginar que seja verdade. Há dois dias tenho conseguido me sentir ‘melhor’. Não porque me acostumei. Mas porque resolvi negar que seja verdade. Eu decidi tentar não pensar sobre isso agora porque estava insuportável. Mas negar que você não está aqui não te traz de volta. Só adia que eu encare esse problema.”, começou a atriz e apresentadora. 

    Ela continuou, mandando recado para os negacionistas. “Assim como quem nega que essa pandemia tenha a gravidade que tem não a faz parar. Nesse caso, a faz nunca cessar. Você aí que anda sem máscara: você não é um corajoso. Você é um escroto. Um irresponsável. Um egoísta.”, escreveu. 

    Paulo virou nome de rua. É uma linda homenagem. Um gesto de carinho depois desse golpe brutal. Ele deve estar ‘feliz’. Desculpa, mas feliz ele estaria junto dos filhos e da família. Que vire símbolo de justiça. Que vire estímulo para que respeitemos a vida uns dos outros. São mais de 430 mil pessoas com o mesmo valor do Paulo. Nós amamos o Paulo, mas a vida dele é tão importante quanto das outras pessoas que foram embora na pandemia. E não venha dizer: ‘ah então por que não falou antes’ porque eu falei antes. Eu falo desde o começo. #vacina”, finalizou Tatá.

    Continua após a publicidade

    Ver essa foto no Instagram

     

    Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck)

    Paulo Gustavo morreu no dia 4 de maio, após complicações por causa da Covid-19. O ator e humorista estava internado deste o dia 13 de março, mas não resistiu, deixando o marido Thales Bretas e dois filhos. A doença é grave, a pandemia ainda não acabou. Por isso use máscaras, álcool em gel, mantenha o distanciamento social e, se possível, fique em casa.

    Continua após a publicidade
    Publicidade