Sofia Carson sofreu machismo e ‘precisou dizer não a oportunidades’

Em entrevista à CH, artista afirma que a indústria mudou, mas que "até hoje temos que lutar".

Por Bruna Parrado Atualizado em 22 abr 2022, 12h25 - Publicado em 20 abr 2022, 18h04

Eu sempre recebia canções e papéis que não eram uma reflexão de quem eu era em meu coração e o que eu queria representar como uma mulher. Então, eu tive que dizer não para oportunidades que me trariam fama na época, e talvez uma fama mais rápida”. A revelação acima é da atriz e cantora Sofia Carson, 29.

Em entrevista exclusiva à CAPRICHO, ela afirmou que, ao recusar trabalhos por motivos diversos, foi vista especialmente por homens do meio artístico como “alguém difícil”. Entretanto, mulheres artistas foram se unindo ao passar dos anos, promovendo discussões para mudar esse cenário, como o #MeToo.

A indústria também mudou e agora sou considerada respeitável. Minhas escolhas de permanecer verdadeira com o que sou e às vozes das mulheres é algo admirável e eu sou muito grata às mulheres que nos trouxeram a este momento, mas é uma realidade que até hoje temos que lutar.”

Em 2015, Carson foi apresentada ao grande público como Evie, no filme infanto-juvenil Descendentes – franquia sobre os filhos dos principais vilões da Disney. Desde então, a atriz e também cantora vem apostando em novos projetos. A CH conversou com a artista sobre ascensão de sua carreira, desafios e futuro na indústria do entretenimento – na qual cresceu, assim como outros artistas que passaram pelo Disney Channel.

Evie [sua personagem em Descendentes], mudou a minha vida e eu me sinto muito honrada de que a primeira personagem a me introduziu ao mundo foi uma mulher jovem incrível, que redefiniu para as meninas o que significa ser mulher e que mostrou que não somos definidas pelo nosso reflexo no espelho”, contou ela. “Nós podemos amar moda, usar salto alto e também amar Química. Quem nós somos é definido por quem somos em nossos corações e mentes.

Foi em 2019 que o último filme da franquia estreou no Disney Channel, marcado pela trágica morte de Cameron Boyce –  que morreu em 2019 após uma convulsão durante o sono e era um dos melhores amigos de Sofia. Além de amizades que levará para a vida, ela também afirma que carrega consigo grandes ensinamentos dessa época.

Continua após a publicidade

Eu acho que tem uma magia linda em fazer parte da família Disney e que é algo incrivelmente universal. Toca o coração de tantas pessoas, não importa o idioma e isso vem com uma responsabilidade muito bonita em saber que tudo que faço e digo, as músicas que lanço e cada personagem que interpreto tem o poder de afetar, mesmo que por instantes, alguém“.

Não é novidade que a fama traz não só responsabilidade, como também uma grande pressão – principalmente entre as mulheres, e isso não foi diferente no caso dela. Atualmente, Sofia está focando mais em sua carreira como cantora. Depois de muita espera dos fãs, o seu primeiro álbum de estúdio foi lançado – incluindo o single LOUD, que “representa as vozes da mudança”.

+ Look da Sofia Carson no Globo de Ouro tinha uma mensagem especial

Para o clipe, a cantora continuou apostando em uma superprodução e até revelou um detalhe do cenário para a CH. “Foi até mágico o dia que gravamos no topo de uma montanha e as nuvens que você vê são de verdade, nós estávamos acima delas durante o dia todo. Eu não sei o que aconteceu, as estrelas alinharam para nós sentirmos que estávamos em lugar pacífico.”

E sobre o Brasil? Não podíamos deixar de perguntar para ela os planos de uma futura passagem por aqui! “O pessoal da minha equipe sabe que todos os dias eu pergunto. “Quando eu posso ir para a América Latina?'”, disse Sofia. “Eu não vou ao Brasil faz anos e o amor que eu recebo dos fãs é incrivelmente lindo todos os dias. Então, eu não vejo a hora de pegar um avião.”

Sofia, te esperamos por aqui! <3 

Continua após a publicidade

Publicidade