Rihanna se une aos protestos do movimento #StopAsianHate

A cantora foi fotografada na manifestação levantando cartazes contra o ódio

Por Vitória Macedo Atualizado em 5 abr 2021, 15h28 - Publicado em 5 abr 2021, 15h21

No mês de março, inúmero protestos do movimento #StopAsianHate, contra o crime de ódio crescente em relação aos asiáticos americanos, tomou conta das ruas dos Estados Unidos. Nesta segunda-feira (5), Rihanna foi fotografada participando de uma manifestação em Nova York. 

  • A cantora foi fotografada pela amiga Tina Truong fazendo cartazes com a frase “Hate = racism against God (Ódio = racismo contra Deus)”. Há também vídeos de Rihanna caminhando pelas ruas da cidade com o cartaz para o alto.

    Colagem com duas imagens. A primeira com Rihanna fazendo um cartaz para a manifestação, a segunda com a cantora andando pela rua na manifestação
    Rihanna no protesto #StopAsianHate em Nova York, Estados Unidos teacuptina/Instagram
    Montagem com duas fotos: a primeira Rihanna segura um carpaz com os dizeres
    Rihanna durante o protesto #StopAsianHate em Nova York, Estados Unidos @teacuptina/Instagram

    O movimento luta contra o racismo, xenofobia e aumento do crime de ódio da população Asiática-Americana e das Ilhas Pacíficas (AAPI) nos Estados Unidos. Um dos principais fatores que levou ao aumento desses casos foi a associação do coronavírus aos asiáticos, reforçado pelo ex-presidente Donald Trump. 

    Os protestos ganharam força pelas ruas dos EUA depois do dia 17 de março, quando 8 pessoas foram mortas em uma área de massagem em Atlanta por um atirador que está preso, e 6 eram mulheres com ascendência asiática. Dentre outros artistas que se posicionaram então o grupo BTS e a atriz Lana Condor.

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade