Paula Sperling sobre treta com Gleici Damasceno: “Ataques desnecessários”

Para site, Paula confessou lamentar as atitudes da ex-sister

Por Amábile Reis 29 ago 2019, 16h51

Nesta quarta-feira, Paula Sperling e Gleici Damasceno trocaram farpas na Intenet. O mal entendido surgiu após Gleici publicar um desabafo sobre empatia em seu Instagram Stories e o impacto de comentários negativos e Paula dar uma cutucada na ex-sister.

  • Tudo começou quando Paula comentou um textão em um Instagram de notícias em que disse ter sido julgada e atacada por Gleici durante a sua participação no reality show. Por sua vez, a acreana usou o Twitter e o Stories para responder a loira. Ela rebateu as acusações com frases como “Que oportunista meu Deus” e “passando vergonha”, e, ainda, explicou que não tem empatia por pessoas racistas. 

    @Rainhadachernobyl/Instagram

    Agora, nesta quinta-feira, Paula decidiu falar o motivo pelo qual quis se manifestar no post para o site da Quem. “Na verdade, não escrevi para a Gleici. Seria para qualquer pessoa que visse o mesmo conteúdo. Me solidarizo com as pessoas e no caso desse comentário o fiz por ter vivido na pele o que ela estava relatando”, pontuou. 

    Paula revelou a publicação que era admiradora de Gleici ao longo do BBB e se decepcionou com a colega após o fim do programa. “Seus comentários foram agressivos à minha pessoa. Ela proferiu ataques desnecessários a mim e em redes sociais. Ontem, quando a vi sendo atacada e não sabendo lidar com a situação, quis ser solidária, deixando para ela o meu aprendizado, tentando fazê-la perceber que eles estão errando duramente, assim como ela também errou”, argumentou.

  • Para fechar, lamentou ter sido chamada de oportunista e afirmou: “Vi que ela ainda tem uma longa caminhada na estrada da vida, do amadurecimento e por isso apenas vi, lamentei e não retribuí”.

    E você, o que achou dessa história toda? Conte para a gente!

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade