Maroon 5 economiza energia em seu 1° show no Rock in Rio 2017

Banda de Adam Levine tocou no lugar de Lady Gaga, que cancelou a apresentação que faria na sexta-feira (15/9)

Por Bruno Dias Atualizado em 16 set 2017, 17h54 - Publicado em 16 set 2017, 12h02

Apesar de terem esgotado os ingressos do sábado (16/9), o Maroon 5 não tinha uma tarefa fácil na noite de sexta-feira (15/9), primeiro dia do Rock in Rio 2017. A banda de Adam Levine foi escalada nas vésperas para fechar o Palco Mundo, tendo que lidar com o descontentamento dos fãs de Lady Gaga, que cancelou sua vinda ao Brasil.

Fernando Schlaepfer/I Hate Flash/Divulgação

Mas assim que os acordes de Moves Like Jagger começaram, a desconfiança deu lugar a passos de dança e gritos empolgados. Mas realmente é bem difícil ficar imóvel com o começo arrasador do show, que teve já na sequência This Love e Harder to Breathe.

Adam Levine foi bem econômico no palco e a impressão que se tinha era que a banda estava guardando energia para o sábado, dia em que encontraria seus fãs, tocando um hit atrás do outro, quase sem pausa. “Senhoras e senhores, é muito bom estar aqui. E amanhã vamos estar aqui também”, falou o vocalista.

Yoshioka/I Hate Flash/Divulgação

Teve até gente que arriscou dizer que o Maroon 5 poderia homenagear Lady Gaga, afinal de contas, a cantora cancelou seu show por causa de problemas de saúde. Alguns little monsters até tentaram puxar um coro de Bad Romance, mas não foi o suficiente para influenciar a banda.

https://www.instagram.com/p/BZGyU8TAf8e/?tagged=maroon5

Animals, Payphone e She Will Be Loved foram algumas das canções que mais arrancaram gritos do público, que foi presenteado ainda com uma versão de Garota de Ipanema.

Sugar foi a responsável por fechar a primeira participação do Maroon 5 no Rock in Rio 2017, quase um ensaio para o que o grupo irá apresentar no sábado. Será que teremos surpresas?

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade