Criador de Emily em Paris diz que clichês da série são provas de amor

Considerado pelos franceses como "deplorável", Darren Star comentou que todos os clichês excessivos são como uma carta de amor a capital francesa

Por Amábile Reis 22 out 2020, 17h06
colecao-roupas-capricho-marisa
Divulgação/CAPRICHO

Desde a sua estreia, Emily em Parisda Netflix, já causou algumas polêmicas na Internet. Entre elas, a maior talvez seja a irritação da crítica francesa ao uso excessivo de clichês sobre a capital nos episódios da série. Para alguns franceses, essa abordagem do original Netflix foi considerada “deplorável”. Pois bem, agora chegou a vez de Darren Star, o criador da atração, explicar o motivo pelo qual optou por essa ~vibe~ para trama. E a razão faz bastante sentido, viu?

“O programa é uma carta de amor a Paris através dos olhos dessa garota americana que nunca esteve lá. A primeira coisa que ela vê são os clichês, porque é do ponto de vista dela. Não lamento olhar para Paris através de lentes glamorosas. É uma cidade linda e eu queria fazer um programa celebrando essa parte de Paris”, comentou Star para o The Hollywood Reporter.

Mesmo com os tais clichês, Emily em Paris é uma série bem gostosinha de assistir e uma boa opção para distrair a cabeça. Quem já assistiu?

Continua após a publicidade

Publicidade