Bruna Marquezine fala sobre pressões estéticas: “Tive distúrbio de imagem”

A atriz relembrou o período de depressão e deu conselho sobre as redes sociais

Por Amábile Reis - Atualizado em 21 Maio 2020, 17h56 - Publicado em 12 Maio 2020, 14h15
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Nesta segunda-feira (11/5), Bruna Marquezine participou de uma live com Bruno Astuto e relembrou o período que sofreu depressão, aos 17 anos. A atriz comentou que crescer em frente às câmeras foi um desafio, uma vez que condicionava o olhar sobre si a partir das expectativas e pressões impostas pelo público. E, com isso, acabou desenvolvendo alguns distúrbios. 

Bruna relatou que, na igreja, a depressão muitas vezes era vista como falta de oração, mas que ela acredita que Deus capacitou profissionais a fim de poderem ajudar as pessoas. Ainda afirmou que a terapia transformou a vida e a saúde mental dela.  

A atriz continuou o desabafo: “Tive distúrbio de imagem e distúrbio de alimentação. Toda mulher se sente pressionada pela sociedade para estar no padrão. Eu sofria muito com isso. Sempre me cobrei muito. Enfim, foi um momento difícil e muito delicado.

No papo, a carioca explicou a relação que tem com as redes sociais – e que pode servir como conselho para muitas meninas. “Tento sempre me lembrar de que a internet não é vida real, like não é afeto. Follow não é amizade. Tento sempre criar um equilíbrio. Quando eu vejo que está me fazendo mal, me distanciando da minha essência, quando está me atrapalhando, eu tento recuar“, pontuou.

Se você precisa de apoio emocional, entre em contato com o CVV, o Centro de Valorização da Vida, através do telefone 188 ou do site www.cvv.org.br.

Continua após a publicidade
Publicidade