Bella Hadid sobre post com pai banido do Instagram: “Silenciando pessoas”

O post apagado falava sobre as origens palestinas de seu pai. Facebook explicou o motivo da decisão

Por Amábile Reis - Atualizado em 14 jul 2020, 16h20 - Publicado em 10 jul 2020, 12h41

Eita, gente… Bella Hadid chamou a atenção do Instagram após a plataforma deletar um post dela nos Stories. Na publicação, a modelo mostrava uma foto do passaporte de seu pai, Mohamed Anwar Hadid. No registro, ela fez questão de exaltar – tanto na imagem quanto na legenda – que o local de nascimento dele é a Palestina. Ao ter a imagem removida, Bella revelou que acreditava que a razão da exclusão seria o fato de o conteúdo ser sobre o território.

Bella Hadid acredita que o post foi banido por exaltar as origens palestinas de seu pai Getty Images/Reprodução

“Instagram, exatamente qual a parte de eu ser orgulhosa de que meu pai nasceu na Palestina se trata de bullying, assédio ou nudez? Nós não podemos ser palestinos no Instagram? Para mim, isso que é bullying. Vocês não podem apagar a história silenciando as pessoas. Não funciona assim”, rebateu em outro Story, referindo-se às diretrizes nas quais a rede social se baseia normalmente para banir publicações.

E não parou por aí, viu? Bella compartilhou de novo a foto do passaporte do pai e escreveu: “Vocês querem que eu mude o local de nascimento dele? Tenho orgulho de ser palestina. Todo mundo deveria poder postar onde suas mães e seus pais nasceram. Para lembrá-los de como devemos ter orgulho das nossas origens.”

O Facebook, entretanto, explicou que o motivo pelo qual o post foi excluído é bem diferente. Para o Page Six, a empresa ressaltou que, para proteger a privacidade dos usuários, não é permitido que informações pessoais, como fotos de passaporte, sejam divulgadas. Porém eles admitiram que houve um erro, já que o número do documento estava borrado. “Então, este conteúdo não deveria ter sido banido. Nós já o liberamos e pedimos desculpas a Bella pelo inconveniente”, afirmou a companhia.

Que bom que a história foi resolvida!

Continua após a publicidade
Publicidade