BBB21: DR de Carthur e fala de Sarah sobre mortes por Covid marcam festa

Saiba tudo o que rolou na madrugada desta quinta-feira (18/3)

Por Amanda Caroline Atualizado em 18 mar 2021, 09h49 - Publicado em 18 mar 2021, 09h20

A festa do líder Fiuk no Big Brother Brasil 21 teve como tema “drift”, técnica de direção de carros que o cantor pratica. Mas não faltou rock ‘n roll: a playlist estava especial com Blink 182, Avril Lavigne, Green Day e Pitty — e os brothers se acabaram no palco. Tinha guitarra, bateria, teclado… Todo mundo cantou e se divertiu.

Além da zoeira, muitas conversas importantes rolaram na casa na madrugada de quinta-feira (18/3). Carla Diaz e Arthur tiveram mais uma DR que não resolveu em NADA a situação do casal. A atriz chamou o crossfiteiro para tentar entender o motivo de seu afastamento e eles, como sempre, não se acertaram.

  • Segundo Projota Jr., é difícil manter uma relação no BBB21, é um bloqueio para ele. Arthur garantiu de tem sentimentos por Carla e que está encantado, mas que não quer fortalecer um romance que tem data de validade, que será interrompido quando um ou outro for eliminado do programa. A artista se mostrou disposta a fazer dar certo, porém o atleta se mostrou muito perdido, o que a irritou. Enquanto tenta entender o que sente, Arthur ignora a sister no confinamento e trata ela com frieza, o que deixa todo mundo sem saber o que pensar dele. Ele é boy lixo ou boy confuso?!

    O brother recebeu conselhos de Pocah e Camilla de Lucas, que exaltaram a atriz e pediram uma atitude firme dele, mas não rolou. Tanto ele quanto Carla choraram e foram dormir desentendidos. Não tiveram ~mimos Carthur~, mas teve Gilthur (?) em um momento especial na festa…

    SARAH MENOSPREZA MORTES POR COVID-19

    Está cada dia mais difícil defender a sister. Em conversa com Arthur, Sarah abriu o jogo sobre sua vida pré-confinamento. A sister contou que mandou vídeos curtindo festa durante a quarentena para o processo de seleção e que foi questionada pela produção do programa sobre seu comportamento na pandemia do novo coronavírus. A seguinte fala é dura de ler quando Brasil enfrenta o pior momento da crise sanitária. São quase 285 mil mortos pela doença e os números aumentam a cada dia. O dado é do Ministério da Saúde.

    Continua após a publicidade

    Na entrevista, ele disse: ‘E a pandemia? Não existe para você? Ninguém está morrendo para você?’ Eu disse: ‘Eu não estou sentindo nada!’ (…) Não peguei Covid porque Deus me ama“, disparou. Veja:

    JULIETTE E GIL: A AMIZADE PERMANECE

    E não é que Juliette e Gilberto ficaram juntinhos na festa apesar de todos os pesares? Eles dançaram juntos, se divertiram… Quem vê nem lembra que brigaram FEIO horas antes, rs. É “civilidade” que fala! Olha só:

    Continua após a publicidade
    Publicidade