BBB20: “Errei e não vou esconder”, diz Pyong após ser chamado para depor

O mágico foi acusado de assediar Marcela e Flay em uma festa

Por Amábile Reis - Atualizado em 24 mar 2020, 19h09 - Publicado em 24 mar 2020, 15h44
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Na última terça-feira (17/3), Pyong Lee foi eliminado do Big Brother Brasil. E, agora, o hipnólogo precisará resolver algumas questões fora da casa. A Polícia Civil do Rio De Janeiro o convocou para depor sobre as acusações de assédio a Marcela e Flay dentro do reality show. Na ocasião, ele precisou prestar esclarecimentos à produção do programa dentro do confessionário.

“Estou disposto a responder e esclarecer tudo que for preciso”, disse o mágico ao Uol. Pyong continuou: “Estou com a consciência tranquila. Eu errei, não vou mentir, não vou esconder e não preciso fazer isso. Inclusive já pedi desculpas publicamente dentro do BBB. Aqui fora, eu sabia que teria consequências e vou lidar com as consequências dos meus atos.”

Reprodução/Reprodução

“Quando o ser humano erra – e todo mundo erra – é reconhecer, pedir perdão para as pessoas que se ofenderam, para as pessoas envolvidas e não repetir mais o erro. Estou comprometido, não repeti o erro lá dentro e não vou repetir mais aqui fora”, completou.

Qual você acha que será o desfecho da história?

Publicidade