Aziz Ansari solta comunicado após ser acusado de abuso sexual

Fotógrafa de 23 anos deu detalhes de encontro com ator, que teria forçado para ter uma relação sexual com ela ano passado, em Nova York

Por Da Redação 15 jan 2018, 14h07
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO
Aziz Ansari usando o broche do Time’s Up durante o Globo de Ouro 2018 Greg Doherty/Getty Images

Durante o fim de semana, o site Babe publicou um artigo em que uma fotógrafa de 23 anos conta que foi vítima de abuso sexual durante um date com Aziz Ansari, que recenmente foi premiado no Globo de Ouro como melhor ator em série de comédia por Master of None.

No texto publicado pelo site, a vítima, que se identifica apenas como Grace, contou que conheceu Aziz durante uma premiação e saíram para jantar dias depois. Ainda no restaurante, ela conta que o ator queria sair o mais rápido possível do local para ir a seu apartamento, localizado no Tribeca, região nobre de Nova York.

  • Foi no apartamento que Aziz Ansari passou a se comportar de forma inapropriada, forçando situações sexuais como: tentou tirar a roupa da fotógrafa, tentou fazer sexo oral nela e, por diversas vezes, colocou a mão da vítima em seu pênis.

    “Meu desconforto estava explícito, eu me afastava e contestava. Sei que minha mão parou de mexer, eu congelei”, relatou Grace à Babe. “Acredito que Aziz tenha tirado vantagem de mim. Eu não fui ouvida e ignorada. Foi de longe a pior experiência que eu já tive com um homem.”

    Greg Doherty/Getty Images

    Ainda no relato, a jovem de 23 anos disse que resolveu expor sua história após ver Aziz Ansari no Globo de Ouro usando o broche do Time’s Up, movimento de atrizes de Hollywood que defende os direitos das mulheres contra o assédio.

    Após a denúncia, Aziz divulgou um comunicado à imprensa sobre o caso, e se disse “surpreso e preocupado” ao receber uma mensagem da fotógrafa, um dia depois do encontro dos dois em setembro de 2017, em que ela reclamava do date e da conduta do ator.

    Veja o comunicado:

    Em setembro do ano passado, eu conheci uma mulher em uma festa. Nós trocamos telefones. Nós enviamos mensagens e eventualmente saímos em um encontro. Nós saímos para jantar e depois nos envolvemos em atividade sexual, que por todas as indicações eram completamente consensuais.

    No dia seguinte eu recebi uma mensagem dela dizendo que ‘apesar de ter parecido ok’, após ter refletido ela se sentiu desconfortável. É verdade que tudo pareceu ok para mim, então quando eu soube que não era o mesmo para ela eu fiquei surpreso e preocupado. Eu ouvi suas palavras e respondi privadamente depois de ter tido o tempo para processar o que ela disse. Eu continuo apoiando o movimento que está acontecendo em nossa cultura. É necessário e há muito tempo atrasado.

    Continua após a publicidade
    Publicidade