Anitta condena ataques racistas a Ludmilla: “Quem fez isso vai pagar”

Nos últimos dias, a rixa entre as duas tem se intensificado e, com isso, Ludmilla está sofrendo ataques racistas nas redes sociais

Por Amábile Reis - Atualizado em 17 jun 2020, 21h41 - Publicado em 17 jun 2020, 12h24
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Nos últimos dias, o pop brasileiro pa-rou com o ~exposed~ da briga de AnittaLudmilla. Os problemas entre as duas começaram em 2019, por conta da música Onda DiferenteNa época, Anitta aparecia como uma das compositoras da canção, embora só Lud e Snopp Dogg sejam os autores do hit. Isso causou o rompimento entre elas, mas não impediu a dona do hit Vai, Malandra! de, vez ou outra, soltar indiretas sobre o assunto na mídia.

E o estopim que fez com que Ludmilla quebrasse o silêncio sobre a rixa foi uma sátira feita no programa Anitta Dentro Da Casinha. A apresentadora dizia ser acusada de imitar a colega de profissão ao ficar com mulheres. Na ocasião, a intérprete de Verdinha até chegou a se posicionar. Mas foi na segunda-feira (15/6) que a situação se agravou.  Afinal, Lud publicou um vídeo repleto de áudios e prints para revelar algumas mentiras ditas por Anitta. 

View this post on Instagram

A post shared by Ludmilla (@ludmilla) on

Continua após a publicidade

Enfim, embora não tenha dito nada sobre isso, alguns fãs da cantora de Medicina decidiriam se posicionar por ela e foram ao Twitter atacar Ludmilla. Um grupo de internautas, inclusive, apelou para ataques racistas a fim de defendê-la. Ao se deparar com esse absurdo, Anitta usou o espaço dos seus Stories para definir a atitude como “abominável” e deixou o recado que essas pessoas pagariam pelo comportamento condenável na Justiça.

“Criminosos covardes que se dizem meus fãs estão propagando mensagens de racismo e injúria nas redes sociais. Já disse e repito: isso é abominável e inadmissível! Minha equipe já está apurando tais perfis que até então não foram identificados como membros de nenhum fã-clube dos nossos cadastro. Mas não me calarei ou me acomodarei frente a esses absurdos que tenho lido e que estão chegando até mim. Quem fez isso vai pagar pelo o que fez. E quem pensar em fazer, saiba que a Justiça vai atrás de você também. Já acionei advogados e especialistas em crime de internet. Racismo não. Racismo é crime“, pontuou.

Instagram/Reprodução

E aí, o que você achou da postura da artista?

Publicidade