Subversiva: o que significa a palavra e quando ela pode ser utilizada?

Pela Manu Gavassi, pode ser usada sempre, mas fizemos uma análise gramatical do termo e também metafórica da letra do novo single da cantora; vem ver!

Por Isabella Otto Atualizado em 28 set 2021, 11h00 - Publicado em 28 set 2021, 13h31

“Que grava 130 opções de vídeos dois dias antes de entrar em um reality show, despretensiosamente mudando a indústria”. Este é um dos significados dados por Manu Gavassi para a palavra “subversiva”, que é o nome de sua nova música de trabalho, lançada após um sumiço básico – que acabou virando mais uma definição do termo: “Que some nove meses das redes sociais em seu auge e não divulga o próprio single”.

+: 6 momentos marcantes da Manu Gavassi na CAPRICHO 

Mas você realmente sabe o que quer dizer a palavra subversiva e entende o seu significado? Se ainda restam dúvidas, vem com a gente!

Print do clipe de Subversiva, da Manu Gavassi. A cantora aparecendo segurando o microfone e olhando para a câmera
Manu Gavassi/Universal/Reprodução

Subversiva é um adjetivo feminino que vem do latim subversus e é usado para classificar pessoas e atitudes que causam subversão. Segundo o dicionário Michaelis:

  1. Que ou aquele que propõe e/ou executa ações com o objetivo de transformar ou derrubar a ordem vigente; revolucionário.
  2. Que ou aquele que propaga ideias ou teorias diferentes daqueles da maioria, que, em consequência disso, pode se sentir prejudicada ou ameaçada.
  3. PEJ [pejorativo] Que ou aquele que age para tumultuar a ordem vigente, espalhando o caos; agitador.

A etimologia do verbo subverter também vem do latim subvertĕre e, no caso de Manu, pode ser entendido da seguinte forma: Manu subverteu-se [verbo pronominal], ou seja, sumiu por um tempo e depois já chegou lançando música nova. Ou seja, subvertendo a ordem natural das coisas e causando um alvoroço. Na composição, Manu fala sobre “loucura”, “toxina dessa relação” e sobre convencer alguém a ficar, mesmo que esta não pareça ser a atitude mais assertiva. Logo, alguém tentando subverter [em todos os casos, um verbo transitivo direto] uma pessoa e valores.

Continua após a publicidade
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Manu Gavassi (@manugavassi)

Fazendo uma análise mais metafórica, é possível dizer que o título da canção faz alguma alusão à carreira de cantora de Manu e suas composições ~versadas~. Legal deixar aqui também o significado de “versivo”, termo usado para denominar “uma pessoa sujeita à versão da auto análise instantânea, de como ele se coloca no seu ponto de vista em contraponto à realidade relativa, sendo pseudo, em modificação”, segundo definição do Dicionario Informal.

Manuzita não dá mesmo ponto sem nó! 

Continua após a publicidade
Publicidade