Pastor da igreja Deus é Amor agride esposa durante live: “Sua imbecil!”

Edson Araújo não sabia que a transmissão ao vivo já estava acontecendo quando cometeu a agressão; confira

Por Isabella Otto Atualizado em 1 out 2020, 19h15 - Publicado em 21 set 2020, 10h36
colecao-roupas-capricho-marisa
Divulgação/CAPRICHO

Na noite da última sexta-feira, 18, um vídeo começou a circular nas redes sociais. Ele mostra o pastor Edson Araújo, da Igreja Deus é Amor, de São Paulo, agredindo uma mulher no início de uma live, sem saber que já estava sendo gravado. De acordo com o site O Fuxico Gospel, a mulher é Débora, esposa do religioso.

“Que saco, merda. Arruma as coisas direito, imbecil! Arruma o negócio direito”, disse o pastor para a mulher antes de agredi-la com um sonoro tapa, que pode ser ouvido no vídeo abaixo. Na sequência, a esposa de Edson arruma a câmera e ele começa a transmissão pedindo para o público aceitar a paz do Senhor.

Assista:

Depois do ocorrido, o pastor realizou uma nova live, desta vez para, segundo ele, “dizer aqui, aleluia, aos nossos irmãos, a real situação que ocorreu”. Edson Araújo falou que sua esposa e ele foram arrumar as coisas para a transmissão ao vivo muito em cima da hora e que, na pressa, ele acabou derrubando outro equipamento quando foi ajeitar a câmera. “Eu ali, de uma forma imprudente, de um forma incorreta, não poderia agir da forma que eu agi, eu direcionei uma palavra [errada]. Nunca tivemos nenhum tipo de problema. Quatro anos que nós convivemos, estamos juntos e abraçando a obra do senhor(…) Quero aqui, de antemão, primeiro a Deus, eu quero pedir o meu perdão publicamente e perdão a minha esposa Débora, pela minha atitude, erro e falha”, disse.

  • A paz do Senhor a gente pode até aceitar, mas a hipocrisia está difícil de engolir…

    Continua após a publicidade
    Publicidade