Pastor é acusado de assediar Ariana Grande em funeral de Aretha Franklin

Em vídeo, é possível ver que as mãos do pastor parecem ficar cada vez mais próximas do seio da cantora

Por Da Redação Atualizado em 31 ago 2018, 19h37 - Publicado em 31 ago 2018, 19h32

Nesta sexta-feira (31), Ariana Grande foi uma das pessoas a se apresentar e prestar homenagem no funeral de Aretha Franklin, em Detroit, a acabou vivenciando um momento não muito legal.

Depois de cantar (You Make Me Feel Like) A Natural Woman, da diva do soul, Ari ficou ao lado do pastor Charles H. Ellis III no palco. Acontece que as pessoas apontaram um detalhe no vídeo: enquanto ele falava, com o braço em volta do corpo da cantora, sua mão parecia ficar cada vez mais próxima do seio dela.

Além disso, Charles fez um discurso que deixou os fãs ainda mais possessos: “quando vi Ariana Grande na programação, pensei que era algum prato novo do Taco Bell”, disse, se referindo à rede de fast food.

  • No vídeo, é visível o constrangimento da cantora com a situação, mesmo que ela ria em alguns momentos. “Ela está sendo tratada como um objeto e nem pode se defender, porque é um funeral. Estou com nojo”, escreveu uma pessoa no Twitter. A tag #RespectAriana entrou nos Trending Topics da rede. Olha só outros comentários sobre o caso:

    Continua após a publicidade

    https://twitter.com/informationari/status/1035628624903380992

    Por enquanto, Ariana Grande ainda não se manifestou.

    Continua após a publicidade
    Publicidade