Francia Márquez é eleita a 1ª mulher negra vice-presidente da Colômbia

A afrocolombiana é de esquerda, conta com o apoio do eleitorado jovem e é ativista socioambiental

Por Isabella Otto Atualizado em 21 jun 2022, 14h40 - Publicado em 21 jun 2022, 14h36
Imagem da Francia Márquez, primeira mulher negra eleita vice-presidente da Colômbia. Ela segura o microfone com uma mão e ergue o punho com a outra
Robert Bonet/NurPhoto/Getty Images

No último domingo (19), Francia Márquez, de 40 anos, advogada e ativista ambiental, foi eleita a primeira mulher negra vice-presidente da Colômbia.

Braço direito de Gustavo Petro, o presidente eleito com 50,44% dos votos, ela nasceu em Suárez, no Vale do Cauca, e conta com um amplo apoio do eleitorado jovem.

Francia é um nome de peso do ativismo ambiental e conhecida por seu trabalho contra o garimpo ilegal. Entre 2019 e 2021, ela também foi uma das protagonistas das manifestações que pediram maiores direitos trabalhistas, inclusão social, e saúde e educação de qualidade.

 

A vice-presidente ainda trabalha em prol dos afrocolombianos e marca uma nova fase da política da Colômbia e América Latina. “Estamos cansados e cansadas de ver como os que estão no topo aumentam seus lucros a custa da fome e da política de morte”, falou durante sua propaganda eleitoral.

Nas redes sociais, a repercussão da eleição da Francia foi enorme e positiva:

Continua após a publicidade

Publicidade