Pela primeira vez, uma mulher negra é eleita Miss Grã-Bretanha

Dee-Ann Rogers também é atleta e pretende representar as mulheres esportistas.

Por Amanda Oliveira 17 jul 2018, 16h21

No último sábado, 14, os habitantes do País de Gales viram a história ser feita. Pela primeira vez no país, uma mulher negra foi eleita Miss Grã-Bretanha e irá concorrer no Miss Universo 2018. Além de competir com a brasileira Mayra Dias, Dee-Ann Rogers, de 25 anos, também irá disputar com Angela Ponce, primeira transexual eleita Miss Espanha.

Reprodução/Instagram

Dee-Ann Rogers nasceu e foi criada nas ilhas de Anguilla, parte do território britânico. Formada em Direito pela Universidade de Birmingham, Dee-Ann também é atleta e já representou seu país duas vezes nos jogos de Commonwealth, na categoria de heptatlo.

Para o portal Pageants News, a modelo disse que pretende representar as mulheres em geral, mas principalmente as esportistas. “Quero elevar o nível delas, para que elas consigam mais patrocínio e representação na mídia. Eu sou muito focada em ver as mulheres recebendo igual aos homens no esporte. Essa é a diferença que quero fazer“, disse.

  • Dee-Ann irá viajar para países como Índia, África do Sul, Emirados Árabes e Filipinas. De acordo com ela, seu objetivo é encorajar as mulheres a acreditar em si mesmas e seguir em frente com seus sonhos.

    Arrasa, Dee-Ann!

    Continua após a publicidade
    Publicidade