Ex-namorado de Ekaterina Karaglanova confessa ter matado influenciadora

Criminoso disse que vítima "diminuía sua dignidade sexual"

Por Isabella Otto Atualizado em 1 ago 2019, 19h57 - Publicado em 1 ago 2019, 17h38

Confirmando as suspeitas da polícia russa, o ex-namorado da influenciadora Ekaterina Karaglanova confirmou que matou a jovem de 24 anos e depois colocou o corpo da vítima em uma mala, que foi encontrada dias depois pelo pai.

Ekaterina, em foto publicada no Instagram, e Maxim, durante confissão à polícia. Reprodução/Reprodução

O homem, chamado Maxim Gareyev, de 33 anos, disse que a garota insultava suas “dignidade sexual” e “capacidade financeira”, usando esses pontos para tentar justificar o crime. “Eu não aguentava mais”, falou às autoridades.

O criminoso ainda contou que vai colaborar com as investigações e pediu desculpas aos pais da ex-namorada. De acordo com o advogado do réu, Maxim passará por avaliações psicológicas.

  • O corpo de Ekaterina Karaglanova foi encontrado alguns dias após o assassinato. A polícia acredita que ele tenha ocorrido no dia 26 de julho, após o ex-namorado invadir seu apartamento e desferir facadas na médica, que estava prestes a completar 25 anos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade