Diário de Intercâmbio: você é muito sortuda por poder estudar!

Catharia Doria, nossa intercambista na Espanha, prova que estudar é tão cool quanto qualquer outra coisa que você considere cool!

Por Catharina Doria 22 mar 2018, 16h01

Na escola, na faculdade ou na vida, você precisa estudar. E muito! Mas, calma, não desiste deste texto ainda, tá? Eu sei “estudar” pode não ser lá um assunto tão empolgante, mas hoje estou disposta a convencê-la que estudar é cool, querida leitora, e para isso vou usar pizza, bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro, a torre da Rapunzel e os sininhos da Barbie.

Reprodução/Reprodução

Estou escrevendo isso porque acho que muita gente pega bode dos estudos por causa do ensino médio. A gente é obrigado a estudar todas as matérias, mesmo que a gente não goste ou queira. Sem falar das torturantes leituras obrigatórias, né? Mas a gente precisa mudar esse pensamento agora mesmo. Essa ideia de que estudar é sem sentido e entediante ficou no passado. Aqui vão alguns motivos que provam que estudar é tão cool quanto qualquer outra coisa que você considere cool:

1. Conhecimento é sinônimo de poder
Sério, imagina a cena: você está na casa de uma amiga e seus amigos começam a debate sobre um determinado tema, que você aprendeu na escola, na faculdade ou no seu tempo livre. Nesse momento, você pensa: ”aaaah, eu sei sobre tudo isso! Sei muito!”. Esse momento, minha amiga, não tem preço. Você escuta até os sininhos mágicos da Barbie!

  • 2. O que você aprendeu é seu para sempre
    Os aprendizados adquiridos durante a vida são a única coisa que fica com você para sempre. Minha mãe sempre me diz que ninguém consegue tirar o conhecimento de você. O que isso significa? Que você pode perder todo o seu dinheiro, ter o mundo virado de cabeça para baixo, mas o que você aprendeu, seja na faculdade ou na ~escola da vida~, continua com você. É o seu patrimônio! Ninguém te tira, ninguém te rouba.

    Reprodução/Reprodução

    3. Ler é empoderador
    Meninas, acreditem em mim, a gente vive em uma sociedade em que, muitas vezes, não é fácil ser mulher. A gente fala, mas não é ouvida. A gente tem conhecimento, mas ninguém liga. Além de tudo, alguns homens tentam tirar vantagem de você e até tentam te deixar na ignorância, com medo que você se torne independente. Quando você lê, cria uma base sólida. Cada vez que você estuda, você empilha mais e mais conhecimento no seu bloquinho, que acaba virando uma torre! Então, se algum espertinho tentar passar a perna em você… Surpresa! Sua torre vai estar mais sólida que a da Rapunzel!

    4. O saber é divisível
    Conhecimento não é que nem a sua pizza favorita ou o bolo de chocolate perfeito com calda de brigadeiro que você não quer dividir nem com seus amigos! (risos) Conhecimento pode e deve ser compartilhado. E ele nunca tem fim! Como assim existe uma coisa que não acaba quando você dá para os outros? Eu sei, pode ser chocante, mas quanto mais você compartilha o que sabe, mais acaba aprendendo, porque você revisa a matéria e acaba percebendo coisas que não tinha percebido antes.

    Reprodução/Reprodução

    Agora, meu conselho final: preste atenção nas suas aulas e naquilo que a professora está falando. Valorize também aquilo que vem dos seus pais, avós e das pessoas mais velhas. Vá alem do Google e pesquise em livros. E, quando você menos perceber, vai perceber que conhecimento é viciante. É lindo!

    Espero que este texto tenha te inspirado a ir além! E aqui vai meu apelo final de ~digital influencer~: compartilhem essa ideia nas redes sociais para que crianças e adolescentes percebam isso o quanto antes.

    Beijos,
    @cahdoria

    Continua após a publicidade
    Publicidade