Blog da Galera: tutorial de como amar suas celulites e estrias

Daniela Navajas, da Galera CH, deu algumas dicas pra quem sente dificuldade em aceitar e amar as marquinhas naturais do corpo

Por Da Redação - 30 abr 2018, 12h35

Oi, gente! Hoje, eu, Dani Navajas, vim ensinar como podemos amar as marcas que temos em nossos corpos. Eu sempre tive muitas estrias e já me incomodei muito com elas, mas, de uns anos para cá, aprendi a amá-las!

Porém, continuo vendo meninas inseguras sobre essas marquinhas e resolvi escrever um pouco do que mudou a minha percepção. Decidi trazer esse tema porque quero que o mundo seja cada vez mais confortável para nós, meninas, sermos do jeito que somos.

Sei que, para isso, é preciso que todas se amem primeiro! Pode não ser fácil ou rápido, mas não desista, pois se você também quer esse mundo, saiba que a mudança começa em você mesma. Por isso, vamos aos 6 passos que separei para você praticar!

1. Leia mais sobre o assunto!

Continua após a publicidade

Você já parou para pensar porque odiamos nossas estrias e celulites? Já que a maioria das pessoas tem, por que ainda é considerado algo “anormal”? Que precisa de reparação? Bom, pode parecer loucura, mas a ideia de não ser esteticamente bonito não é real e precisa acabar! Este pensamento nada mais é do que os estereótipos sociais, que inventaram uma espécie de perfeição irreal, afinal, não existe perfeição!

2. Converse e reflita sobre de onde vem a sua insegurança

Muitas vezes, ela vem daquele medo sobre o que os outros vão pensar. Saiba que, se algum dia alguém te maltratar de qualquer forma por conta das suas estrias e celulites, o defeito está na cabeça dessa pessoa, não em você. Agradeça a suas marcas por serem esse escudo que te protege de pessoas com mente pequena! Encontrando a sua insegurança e a assumindo, fica mais fácil de trabalhar e ir superando-a com o tempo.

@isadoranaoentendenada/Instagram

3. Se cerque de pessoas que te amam

Continua após a publicidade

Quanto mais pessoas que realmente te amam por perto, mais você verá que suas estrias e celulites não te definem e não são critérios de avaliação sobre quem você é. As pessoas que te amam não te amam porque você tem ou não essas marquinhas!

4. Não se compare!

Todas temos aquela amiga que não tem nada de estria e celulite… E tá tudo bem! Cada corpo é único. Todas nós temos nossas inseguranças e nossas seguranças!

Reprodução/Reprodução

5. Não enxergue o padrão imposto como a única beleza

Continua após a publicidade

As redes sociais estão cheias de mulheres magras, com “bunda e peito”, como os padrões de beleza ditam. E elas são lindas! Mas não deixe de achar os outros tipos de beleza lindos também. Siga meninas reais! Siga blogueiras que são fora do padrão! Com o tempo, você muda sua percepção de beleza e aceita a sua.

6. Se ame mais!

Falando assim, parece que é muito fácil, né? (risos). Quer uma dica? Do mesmo jeito que a gente se apega as nossas estrias e celulites, se apegue ao que você mais ama no seu corpo! Todo dia, pense e ame essa parte da mesma forma que você pensava e odiava suas estrias. Se valorize, você é única!

Estou à disposição para conversar com qualquer menina que esteja sofrendo com isso, viu?

Beijos,
@danielanavajas

Publicidade