Blog da Galera: 5 dicas para quem está começando a desenhar

Luiza Sayuri, da Galera CH, também separou uma lista de materiais artísticos que não são tão caros

Por Da Redação 24 set 2018, 12h46

Oi, galera! Aqui quem fala é a Luiza Sayuri e hoje eu darei cinco dicas bem maneiras para quem quer melhorar ou está começando no desenho. Antes de tudo, gostaria de falar que eu não manjo muito de lápis de cor, por isso costumo colorir meus desenhos com marcadores e nanquim.

Arquivo Pessoal/Reprodução

O que são marcadores? Existem dois tipos: à base de água e de álcool. Marcadores à base de água são como canetinhas com um cheiro mais suave e não transferem. Em contrapartida, são mais difíceis de conseguir certos efeitos de sombra e degradê, além de também deixar marquinhas no papel (mas eu particularmente não me incomodo, acho um charme). Marcadores à base de álcool deixam a pintura menos marcada e você pode criar vários efeitos com apenas uma caneta, sobrepondo camadas de tinta para criar sombra, luz e degradês. Mas, vamos ao que interessa, mores!

1. Não compre materiais caros logo de cara! Preço não significa necessariamente melhor qualidade.

Antes de gastar seu dinheirinho precioso, é sempre bom pensar com sensatez em quais coisas você prefere investir para começar ou se aperfeiçoar. Ao final da matéria irei deixar uma listinha de materiais que não deixam a desejar e são mais em conta!

2. Teste os materiais antes de comprar.

Testar canetas e principalmente marcadores é muito importante, pois nem sempre a cor da embalagem é o mesmo tom da tinta!

3. Tenha um sketchbook para fazer seus desenhos.

Quando você reúne seus desenhos em um lugar só, fica muito mais fácil de analisar e comparar a sua evolução. Além de ser mais prático e funcional, pois assim você poderá carregá-los para onde for.

Continua após a publicidade

4. Tenha paciência e seja insistente.

Resultados positivos não surgem logo de cara, principalmente se você desistir.

5. Teste coisas diferentes, um pouco de ousadia artística não faz mal!

É essencial procurar sair da sua zona de conforto a cada desenho, isso com certeza irá agregar conhecimentos e trará uma boa evolução.

Arquivo Pessoal/Reprodução

Materiais bacaninhas:
1. Sketchbook (sem pauta).
2. Lapiseira (a grossura do grafite é pessoal, use o que for mais confortável para você).
3. Borracha de plástico (não borra e não mancha).
Sugestão: Staedtler Mars plastic.
4. Canetas nanquim finalizadoras.
Sugestão de marca: Uni Pin e Sakura (0.5, 0.3 e 0.1 são boas para dar acabamento nos desenhos).
5. Marcadores.
Sugestão de marcas: Stabilo, Tombow e Bic Marking e Intensity.

Uma coisa bem legal sobre os marcadores à base de água é que, por conta da composição, você pode facilmente transformá-los em aquarela. Basta passar um pincelzinho úmido por cima da tinta e testar.

Espero que o post tenha sido útil para vocês! Se tiver ficado alguma dúvida, me pergunta no direct do Instagram que eu sempre respondo.

Beijo,
@sayurikogati

 

Continua após a publicidade

Publicidade