Blog da Galera: Nath Araújo dá dicas para quem quer ser artista

Letícia Lair, da Galera CH, bateu um papo bem legal com a artista Nath Araújo sobre arte, inspirações e dicas para quem deseja seguir carreira artística.

Por Da Redação - 21 set 2018, 12h04

Oi, gente! Tudo bem? Aqui é a Letícia Lair e hoje eu trouxe uma entrevista com uma pessoa que admiro muito: a Nath Araújo!

View this post on Instagram

samuel falou que se eu não terminar essa tela até amanhã ele muda de casa

A post shared by Nath Araújo (@nanaths) on

Continua após a publicidade

Para quem não conhece, a Nath posta seus desenhos incríveis em seu Instagram, além de ter um canal no YouTube, sua própria loja e ter acabado de lançar um livro, o “Eu acho que você é meio doido, sim”. Ufa! E foi por ser tão bem sucedida e uma inspiração para tantas pessoas que pretendem seguir uma carreira no meio artístico que eu a convidei para esse bate-papo. Confira:

Letícia: Quando você percebeu que desenhar era mais que um hobby pra você?
Nath: Quando eu comecei a publicar meus desenhos na Internet, ganhar seguidores que eu não conhecia e receber pedidos de orçamentos de marcas para que eu desenhasse pra elas.

View this post on Instagram

hoje eu tive que pedir ajuda pra santa paciência quando o samuel sentou no computador e desconfigurou tudo, e vocês? 😹

Continua após a publicidade

A post shared by Nath Araújo (@nanaths) on

Letícia: A gente sabe que, infelizmente, tem muita gente que não valoriza a arte no Brasil. Foi muito difícil tomar a decisão de seguir essa carreira?
Nath: Foi bem difícil. Tão difícil que por muito tempo eu nem considerei essa possibilidade, mesmo gostando de desenhar desde criança. Eu achava que seria impossível eu conseguir trabalhar com meus desenhos, justamente pela desvalorização da arte no país. Só depois de trabalhar algum tempo na área de publicidade foi que eu descobri que poderia usar as redes sociais ao meu favor e realizar meu sonho.

Letícia: Você se inspira em algum artista?
Nath: Me inspiro muito na trajetória do Ziraldo que, além de desenhar, também escreve muito bem e já trabalhou bastante com publicidade e cinema.

Letícia: O seu livro, “Eu acho que você é meio doido, sim”, foi lançado há pouco tempo. Você sempre gostou de escrever também ou foi algo mais recente na sua vida?
Nath: Sim, sempre gostei! Desde criança eu já unia meus desenhos e textos em histórias em quadrinhos que eu criava. Na escola, minha matéria preferida era redação e escrevi web novelas na internet por um tempão também. Amo ler e escrever.

View this post on Instagram

Apenas lembrando as senhoras de que meu livro continua lindo e belo na pré venda 💗 Comprar na pré venda ajuda o livro a sair na lista de mais vendidos (acho que eu morro) e a decidir onde vamos fazer tour de lançamento 🙀 To MUITOOO ansiosa pra saber pra quais cidades vou viajar pra lançar o livro e conhecer vocês!! A Bienal foi demais e só de lembrar eu choro então imagina tour no Brasil todo AHAHAH O “Eu Acho que Você é Meio Doido, Sim” fala principalmente sobre sobre ser quem você é, por mais doido que a ideia e você sejam. É fácil de ler, tá cheio de desenhos (inclusive pra colorir!), e ainda tem espaço pra você escrever, desenhar e se conhecer melhor, porque no fim, este livro é sobre você 💗 (o link pra comprar tá na bio do Instagram!) #EuAchoQueVocêÉMeioDoidoSim

Continua após a publicidade

A post shared by Nath Araújo (@nanaths) on

Letícia: O que você diria para quem também quer ser artista, porém tem medo?
Nath: Eu diria que acho esse medo super justo, porque não é uma profissão tradicional e as pessoas não costumam incentivar quando você tem essa vontade. Mas, eu acredito que, quando se tem uma vocação, aquela ideia de trabalhar com o que você ama te persegue! Acho que vale pelo menos tentar (muito). Eu quis tanto que tentei por muitos anos, até que uma hora deu certo 🙂

https://www.instagram.com/p/BfmIQqilJyt/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=10a2waxqbgu6d

Não esquece de seguir a Nath nas redes sociais pra acompanhar essa artista tão talentosa!

Beijos,
@leticialair

Publicidade