5 dicas de viagem para você que tem vontade de conhecer Barcelona

Catharina Doria, nossa intercambista na Espanha, dá algumas dicas preciosas para você que tem vontade de viajar para Barcelona.

Por Catharina Doria - 26 jul 2018, 16h31

Alô, alô, meus amores! Eu ainda tenho alguns lugares turísticos para visitar aqui em Barcelona, então ainda acho que não é a hora certa de escrever o meu TOP 5 de lugares mais guays (“legal”, em espanhol). Mas, obviamente, depois de quase um mês morando aqui, tenho dicas de sobra de como aproveitar melhor esse lugar maravilhoso! Então, vamos lá?

Arquivo Pessoal/Reprodução

1. Barceloneta não é a única praia de Barcelona
Imagine a cena: você coloca seu maiô superestiloso, prepara sua bolsa de praia, passa o protetor e pega um vestido. Coloca um chapéu e PRONTO. VAMOS À LA PLAYA! Só que aí, chegando na bendita playa, não tem um pedaço de areia livre: tem tanta gente que parece pipoca na panela. Aí você faz o quê? Senta e chora? Volta para casa? Não, não, não, minha amiga ou amigo! Sim, Barceloneta é a praia mais conhecida e, por isso, ela está sempre lotada de gente, mas existe um litoral inteeeeeeeeeeiro que você pode ir! Olhando para o mar, todas as praias à esquerda de Barceloneta são mais vazias. Você pode ir para as outras andando, alugando uma bicicleta ou simplesmente pegando o ônibus V16. É tranquilo. Muitas vezes, a outras praias não são só mais vazias como também mais limpas e seguras, do tipo deixar a bolsa na cadeira e ir nadar. Claro, é sempre importante tomar cuidado, né? Eu indico Bogatell, Mar Bella e Nova Mar Bella.

2. Os melhores tapas não estão em Barcelona
Sim, a Espanha é muito conhecida pelos tapas, que são como porções pequenas de algum salgado, um espécie de aperitivo. Então, é muito comum que a galera chegue em Barcelona querendo comer a comida típica e pá: pedem tapas logo de cara. O que poucos sabem, na real, é que os tais tapas são um costume mais de Madrid do que da Espanha no geral. Por ser uma comida rápida, que você pede, come e adios, é perfeita para vida agitada de Madrid. Então, depois de muito tempo, esse costume de comer tapas foi trazido para o centro de Barcelona – mas não é típico daqui. Se você vier a Espanha e também tiver a oportunidade de ir para Madrid, eu recomendo 100% que você coma as tapas lá! Obviamente que os tapas daqui também são gostosos, mas, além de serem caros, são mais para turistas mesmo.

https://www.instagram.com/p/BlY5493gXqh/?hl=pt-br&taken-by=cahdoria

3. Não fale mal da língua catalã
Eu pessoalmente amo essa língua! Acho ela não só linda de ouvir, como linda de ler. Porém. existem muitos turistas que vem para cá, acabam estranhando e dizem coisas como: ”ai, que língua feia” ou ”parece um espanhol errado”. Além de eu achar isso extremamente desrespeitoso, é um comentário que nunca deveria ser feito em Barcelona. A Catalunha, comunidade autônoma da Espanha, está passando por uma época turbulenta. O sentimento de orgulho e felicidade não só de ser catalão, mas também por falar catalão, é muito forte. Então, esses comentários, além de magoarem muito a galera, também podem deixar o povo bem bravo e irritado. Não gostou da língua? Fique na sua. Gostou? Pode elogiar à vontade!

4. Passeie por Barcelona usando uma bicicleta
Sabe quando você chega a uma cidade nova e fica meio perdida? Não sabe onde você está, para onde ir nem o que fazer? Minha dica é fazer um tour de bike logo no primeiro ou no segundo dia de viagem. Assim, você acaba se situando pela cidade, pratica um pouco de esporte e, de quebra, acaba fazendo um passeio superdivertido. Ah! E não precisa ter medo de não ter fôlego, porque muitas empresas que fazem esses passeios guiados também têm bicicletas automáticas. Barcelona é a cidade perfeita para aproveitar essa oportunidade. Tem uma empresa de tour a cada esquina. Se joga!

Arquivo Pessoal/Reprodução

5. Viste os lugares turísticos, mas não apenas eles
Sim, existem muitos passeios que são tradicionais quando alguém visita Barcelona: ir à Casa Batlló, à Sagrada Família, ao Parque Güell… São passeios incríveis, mas que todo mundo faz o tempo todo. Então, por que não tentar ir além? Sabia que dá para visitar a Casa Batlló à noite e ainda ouvir uma banda de jazz? É verdade que o ingresso sai dez euros mais caro, mas vale muito a pena! E que tal conhecer a Sagrada Família durante o por do sol, quando tem menos gente e a vista fica ainda mais bonita? Tudo, eu disse tudo mesmo, em Barcelona dá pra se fazer de um jeitinho diferente. Acho que, muitas vezes, a gente só segue o bonde e faz tudo igual a todo mundo o tempo todo. Seja criativa!

É isso, galera! Depois de quase um mês morando aqui, posso dizer com confiança que Barcelona é realmente um sonho! Espero que vocês tenham gostado das minhas dicas e, como sempre, se você tiver alguma dúvida, é só me mandar uma mensagem no Instagram!

Beijos,
@cahdoria

Continua após a publicidade
Publicidade