11 sinais de que você pode estar em um relacionamento abusivo

Alguns vestígios de uma relação abusiva podem passar despercebidos, mas acredite: eles estão lá. Fique atenta!

Por Amanda Oliveira - Atualizado em 11 jun 2019, 18h47 - Publicado em 20 jan 2019, 10h01

Nem sempre é fácil sair de um relacionamento abusivo. Mais complicado ainda é reconhecer que você está em um. Às vezes, embora você saiba que relações abusivas existem, é difícil acreditar que é algo tão próximo da sua realidade e que pode acontecer com você a qualquer momento. Acima disso, de quem você menos espera.

Imagem relacionada

Para início de conversa, é preciso entender que relacionamentos abusivos vão muito além de apenas um homem sendo abusivo com uma mulher. Embora este seja o caso mais comum, existem várias relações que podem se tornar abusivas: uma relação familiar, uma amiga sua que talvez esteja tentando te controlar demais, entre outros. Por isso, a CAPRICHO selecionou 11 sinais comuns que mostram que alguém pode estar sendo abusivo com você:

1. Ele parece querer controlar a sua vida, suas decisões e suas ações
Às vezes, pode até ser um controle beeem disfarçado atrás do discurso de “só estou dando minha opinião”. Mas se você não der muito atenção de primeira e ele continuar insistindo, é um sinal de que certamente tem algo errado.

2. Ele já até tentou te convencer a não usar uma determinada peça de roupa
Outro ponto importantíssimo para identificar um relacionamento abusivo é detectar o limite entre um ciúme normal e uma demonstração de que ele está, na verdade, sendo possessivo. Será que alguém realmente tem o direito de te proibir de usar uma roupa?

3. Ele não parece saber aceitar um “não” seu como resposta
E até usa chantagem emocional para fazer com que você diga “sim”, seja para o que for.

4. Ele reclama das suas amizades, principalmente as masculinas
Alguém abusivo provavelmente te dirá em algum momento que uma certa amizade sua não é tão boa companhia assim. Na verdade, ele tentará te convencer de que nenhuma amizade é melhor do que estar com ele – e, aos poucos, tentará fazer você se afastar delas para ficar mais tempo apenas com ele (ou sozinha).

Continua após a publicidade

5. Ele já quis ou frequentemente insiste em ter acesso ao seu celular
É verdade o ideal é não ter segredos entre um casal, já que a parceria e a confiança devem ser prioridades. Mas, é justamente por esses dois pilares que não faz sentido nenhum seu parceiro insistir para que você mostre suas conversas no WhatsApp, compartilhe a senha das redes sociais e a de bloqueio da tela do aparelho. Não deveria haver confiança?

6. Fora isso, ele já demonstrou não respeitar muito sua privacidade
Privacidade é algo muito pessoal e que vai muito além de apenas um celular. Sabe aquele dia em que tudo que você deseja é ficar um pouco sozinha, no seu canto, fazendo algo seu e sem dar muita atenção para ninguém? Não seria muito legal se alguém não respeitasse esse seu desejo e insistisse em invadir sua privacidade, né?

7. Ele sempre faz questão de te lembrar que sua vida está muito melhor com ele do que sem
Faz parte da chantagem emocional e da manipulação de alguém abusivo insistir, principalmente durante discussões, de que você e sua vida estão muito melhores depois que você conheceu ele. Alguém ainda mais abusivo pode até chegar a te dizer que, sem ele, você não encontrará mais ninguém que te queira.

Reprodução/Reprodução

8. Ele tem o hábito de te deixar para baixo
Alguém que te ama, de verdade, irá te apoiar em tudo que você tentar. Alguém abusivo, no entanto, não demonstrará muito apoio – e passará mais tempo tentando deixá-la desanimada, para baixo, do que o contrário.

9. Ele costuma gritar muitas vezes com você
E não pedir desculpas ou se arrepender depois.

10. Ele já te ameaçou em alguma discussão
Mas, é claro, foi “só da boca para fora”. Embora tenha acontecido mais de uma vez.

11. Ele sempre te faz pensar que todos os problemas são culpa sua
Um relacionamento normal tem discussões, sim, mas é essencial que as duas pessoas saibam ceder e admitir seus erros quando estiverem erradas. Uma pessoa abusiva, no entanto, nunca admite que errou e usa manipulação para te fazer acreditar que a culpa, na verdade, é sua.

Se você ou alguma amiga sua estiverem em um relacionamento abusivo, procure alguém de confiança e conte o que está acontecendo. Tente sair dessa relação o mais rápido possível, mas não faça isso sozinha. Algumas dores precisam ser compartilhadas para serem mais fáceis de carregar. Cuide-se, ok? Você e sua saúde mental são suas prioridades. #NãoÉSuaCulpa

Continua após a publicidade
Publicidade