Rafa Kalimann, do BBB20, sobre insegurança: “Não queria usar biquíni”

A sister conversou com Manu Gavassi e Gizelly sobre o assunto

Por Izabel Gimenez - Atualizado em 30 mar 2020, 16h48 - Publicado em 30 mar 2020, 14h52
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Nem só de tretas e polêmicas vive o Big Brother Brasil 20, viu, miga? Pode falar o que for, mas a amizade de Rafa Kalimann e Manu Gavassi está cada dia mais forte dentro da casa. Em um desabafo entre a sister e Gizelly, a mineira falou sobre seu processo de autoaceitação e a dificuldade de conseguir realmente amar seu corpo por causa de toda a pressão dentro do meio em que trabalha.

Rafa por muito tempo acreditou que nunca iria conseguir ter um corpo ideal – mal sabia ela que, na verdade, o ideal é o seu corpo. Ponto. “Eu sempre me coloquei como uma pessoa que estava acima do peso porque, no padrão que eu vivia, na bolha em que eu vivia de trabalho, aquilo era acima do peso para eles”, explicou.

A influenciadora ainda contou que, quando viajava para praia ou para algum lugar com piscina, não conseguia aproveitar e curtir. “Se hoje eu sou assim, é uma vitória pra mim. Eu tirava minha foto [de biquíni], postava e pronto. Colocava a roupa de volta. Eu não queria usar, mas fui melhorando. As pessoas acham que só porque eu estava dentro de um padrão, que não era o padrão que eu conhecia, o povo pensa que fiz lipo, coloquei silicone, significa que me amo… Tá longe de ser isso”, afirmou.

Manu ainda indicou um livro mara chamado O Mito da Beleza, da escritora feminista Naomi Wolf. Nele, ela define a beleza como um ponto de partida para a competição feminina. Como a cantora explica no vídeo, a autora acredita que, para cada conquista feita por mulheres, um novo padrão aparece e mais pressão recai sobre as costas femininas. Vale a leitura! 

Continua após a publicidade
Publicidade