Ludmilla perde processo que moveu contra Val Marchiori por fala racista

"Racismo não é liberdade de expressão", postou a cantora em suas redes sociais

Por Djenifer Dias 26 mar 2021, 15h44

Há alguns anos, a empresária Val Marchiori, enquanto comentava o carnaval de 2016, se referiu ao cabelo de Ludmilla de forma racista ao dizer que ele parecia um “bombril”. A socialite, inclusive, debochou da situação e veio à publico para afirmar que é “zero racista”.

Val Marchiori chegou a ser condenada a pagar R$10 mil à cantora, mas recorreu, ou seja, fez a justiça rever sua decisão. Depois, em 2020, ela acabou recebendo uma outra condenação feita pela 3ª Vara Cível da Ilha do Governador, na zona norte do RJ, e teria que pagar R$ 30 mil de indenização pelo comentário considerado racista.

Porém, de novo, a socialite decidiu recorrer à justiça, dessa vez na 14ª Câmara Cível do Rio de Janeiro. E, nesta sexta-feira (26/3), o juiz decidiu que Val apenas usou sua liberdade de expressão e não teve nenhuma intenção de ofender Ludmilla.

  • “Em que pese ter sido proferida uma observação de natureza ácida, veiculando opinião em tom de crítica dura, não é possível se extrair dos fatos supracitados qualquer intenção de desqualificar ou ofender a autora em decorrência de sua cor de pele, tampouco de ridicularizá-la ou depreciar a pessoa. O que se vê, em verdade, é que a conduta da apelante se insere no exercício do seu direito de crítica, derivado da liberdade de informação e de expressão ”, diz um trecho da decisão.

    Essa reviravolta faz com que Val Marchiori não tenha que pagar nada à Ludmilla. Pelo contrário, agora, a cantora deverá pagar os honorários e custos dos advogados, que serão de 10% sobre o valor da causa, que está em torno de R$300 mil, já que a cantora perdeu o processo.

    Continua após a publicidade

    Ludmilla usou suas redes sociais para expressar seu descontentamento com o resultado da ação. “Racismo não é liberdade de expressão“, escreveu e recebeu apoio dos fãs.

    Não desista!” e “Espero que sua assessoria recorra até a última instância” foram alguns dos comentários enviados à cantora.

    Internautas pedem que a cantora recorra na justiça
    Internautas pedem que a cantora recorra na justiça Twitter/Reprodução

    Esperamos que Ludmilla consiga reverter essa decisão.

    Continua após a publicidade
    Publicidade