Influenciador causa revolta após fazer cirurgia para “se tornar” coreano

Conversamos com garotas asiáticas a respeito do caso de Oli London, que há anos tenta se parecer com Jimin, do BTS

Por Djenifer Dias Atualizado em 14 jul 2021, 16h41 - Publicado em 14 jul 2021, 11h47
de um lado, o hidratante, o perfume e a máscara facial hello stars, dispostos lado a lado. De outro, as frases: Cada estrela é única, como você. Conheça a nova linha Hello Stars. Todos os elementos estão em um fundo azul escuro com estrelas que brilham
CAPRICHO/Divulgação

O influenciador britânico Oli London chama a atenção no mundo por suas cirurgias inusitadas. Desta vez, ele se submeteu a um procedimento para deixar o formato de seus olhos mais levantado e levemente puxado, tentando imitar as características de um olho asiático.

Foi após passar alguns anos trabalhando na Coreia do Sul que Oliver conheceu o grupo BTS e começou a fazer os procedimentos para tentar se parecer com Jimin, um dos integrantes do grupo, e se tornar um “coreano”.

Print de vídeo mostrando o resultado da cirurgia do influenciador Oli London, ele aparece com o rosto inchado, os olhos puxados e a cabeça enfaixada.
Influenciador revolta a web após fazer cirurgia para parecer coreano londonoli/Instagram

Oliver já realizou 18 cirurgias, entre elas uma no nariz que deu errado e quase custou o órgão do rapaz. O influenciador já desembolsou mais de R$ 1 milhão para realizar esses procedimentos.

Finalmente sou coreano“, comemorou em vídeo. “Eu fiz a transição. Estou tão feliz por ter concluído o meu visual. Finalmente sou coreano pessoal! Tenho os olhos e acabei de erguer a sobrancelha também“.

 

Continua após a publicidade

Eu sempre me comparo a pessoas trans, sem querer ofendê-las, mas é o meu jeito de explicar. Alguém que sente que nasceu no corpo errado. Nos últimos 9 anos, desde que eu morei na Coreia, eu me identifico como coreano. Tudo sobre a cultura deles sou eu. Eu me sinto em casa agora, não me sinto julgado, sinto que as pessoas coreanas me aceitam. E agora eu tenho a aparência”, explicou Oliver.

 

Continua após a publicidade

As afirmações do influenciador geraram revolta na web. Afinal, muitos acreditam que sua atitude exemplifica o racismo velado, além de ser um apagamento da ancestralidade e dos reais problemas sofridos por pessoas asiáticas.

A atriz Ana Hikari se pronunciou contra a atitude de Oliver. “Isso é tão surreal e racista em tantos níveis que eu não tô conseguindo nem falar algo sobre.”

“Uma pessoa trans está presa em um corpo errado pela vida inteira, esta pessoa disse que está presa há 8 anos, basicamente, quando ele descobriu que existia K-pop. Ele está usando o nome de um dos grupos mais famosos do mundo”, escreveu uma usuária.

Porém, alguns internautas chegaram a defender o modo de pensar do influenciador, dizendo que “é a mesma linha de pensamento. Vocês não concordam que ele não nasceu coreano? Então será que o mesmo não se aplica para as pessoas trans?”

A CAPRICHO conversou com a artista Melissa Ery (@melissaery) para entender um pouco melhor sobre o que a cirurgia de Oliver pode significar para pessoas com traços leste asiáticos. “É problemático em um todo, não é uma coisa legal. Achei desconfortável quando eu vi, porque mexe com um traço muito específico de pessoas asiáticas e amarelas. Pegou muito para mim por conta de problemas com autoestima que eu tive quando era mais nova. Não é isso que vai te tornar coreano”, comentou.

Para Nádia Tamanaha (@namanita), o caso vai mais além. Ela acredita que, apesar da parte preconceituosa, devemos considerar o fato de o influenciador possuir algum tipo de problema psicológico, tendo em vista sua obsessão por cirurgias. Mas, a influenciadora concorda que o ato carrega problemáticas. “Machuca ver que características físicas que sempre foram motivo de piada em nós, descendentes de asiáticos, podem virar algo glamourizado. Não acho que se aplica a esse caso, por questões psicológicas. Acho que esse caso tem outra dimensão. Mas, por exemplo, o tal do foxy eye. Ou aquela maquiagem que fazem com os cílios postiços pra dar a sensação de olhar sexy. A vida inteira fizeram questão de ‘me lembrar’ que meus olhos são “diferentes, puxados, rasgados, fechados”. Então, por que na pessoa branca eles se tornam algo sexy?”, refletiu.

Qual é a sua opinião sobre esse assunto?

Continua após a publicidade

Publicidade