Gabriella Saraivah sobre transição capilar: “Eu chorava e não me gostava”

Em entrevista para a CH, a atriz contou detalhes do processo, falou das dificuldades e mandou seu incentivo para quem quer parar com os alisamentos

Por Izabel Gimenez - 2 nov 2019, 10h03

Gabriella Saraivah arrasou interpretando a personagem Inês na primeira fase da nova novela das 6 da TV Globo, Éramos Seis. Mas muita gente já a conhece há muito mais tempo que isso! Quem assistiu à última versão de Chiquititas, no SBT, deve se lembrar que ela viveu a Tati na história. Em 2015, foi ao ar o episódio final da atração e, na época, a atriz apostou em uma técnica que acabou alisando seu cabelo. No ano seguinte, Gabi começou a transição capilar e, desde então, está deixando seus cachos naturais crescerem.

Nesta entrevista para a CAPRICHO, ela conta detalhes do processo, fala das dificuldades e manda seu recado de incentivo para garotas que estão pensando em parar com o alisamento. Vem ver!

gabriella-saraivah
Atualmente, o cabelo da Gabriella Saraivah está assim Instagram/Reprodução

CH: Qual é a sua história com o seu cabelo? 

GABRIELLA SARAIVAH: Ele era bem cacheado quando eu era mais nova. Depois que terminei de gravar Chiquititas, queria deixar os cachos mais abertos. Na época, não era tão “normal” ter o cabelo cacheado. Eu tinha 11 anos e ainda não entendia que não precisava ser como todo mundo. Fui fazer química, mas o cabeleireiro acabou alisando tudo. Foi um erro, não era o que eu queria e tirou todo cacho. No início, eu gostei e me senti bonita, mas com o tempo percebi que fiquei dependente da química. Eu cansei. Queria ir à piscina e não me sentir feia, andar natural, sabe? Comecei a me aceitar mais do jeito que sou. Eu vi que as meninas de cabelo cacheado são lindas e decidi começar [a transição] de vez!

Continua após a publicidade
gabriella-saraivah-2016
Gabriella Saraivah em 2016 Instagram/Reprodução

Quando decidiu fazer a transição capilar?  

A transição é um momento muito difícil, você precisa de muita coragem. Eu parei de usar química no meu cabelo em 2016. No início, eu chorava e não me gostava. Era péssimo, porque a raiz ficava alta e o resto, baixinho. Minha mãe nunca deixou eu desistir e me deu muita força. Na época, eu fiz a série Juacas, do Disney Channel. A diretora [Juliana Vonlanten] foi muito legal comigo e me deu todo o apoio. Eu não cheguei a fazer big chop [corte bem curtinho] por causa dos trabalhos, mas deixei o cabelo mais curto para a personagem. Era tipo um chanel. Agora, eu estou na metade do processo, ele está começando a ficar bonito e eu estou mais confortável com o que vejo. 

Qual é a parte mais complicada do processo? Quais são seus truques? 

Acho que foi o meu autojulgamento. Eu não gostava do que estava vendo no espelho e achava que as pessoas não iam gostar também. Quando eu ia pra escola e não conseguia arrumar o cabelo, porque era muito cedo, ficava triste e sentia que tudo mundo estava bonito, menos eu. No começo, fazia muita escova pra sair, sentia que precisava fazer isso para disfarçar, tipo usando touca, boné, etc. Hoje, eu uso sempre produtos para deixá-lo brilhoso e hidratado. Eu gosto de passar musse depois do banho e secar com difusor. Para um evento mais importante, uso babyliss na parte que ainda tem química, pra deixar mais natural sem estragar. 

Gabriella Saraivah em Chiquititas Reprodução/Divulgação

Em um vídeo no seu canal no YouTube, você falou sobre a importância da autoestima nesse momento. Como é para você lidar com as críticas e o que te motiva a continuar? 

Continua após a publicidade

Recebi algumas críticas ruins e ficava realmente triste, mas tinha muito mais mensagens de meninas que estavam passando pela mesma coisa. Foi o que me motivou. “Transição capilar é sinônimo de coragem”. Eu li isso em um texto, não lembro aonde, mas me ajudou muito também. Afinal, nossa beleza está em nós mesmos e não no nosso cabelo. Percebi que o importante era continuar. Eu prefiro ser alguém forte do que agradar todo mundo. Eu acho, que quando a gente tem determinação, vai longe. É só uma fase, vai passar! 

Existe alguma celebridade que te inspira na hora de cuidar do cabelo? 

Uma atriz que me incentivou bastante foi a Bárbara Reis, que faz minha mãe na novela da Globo Éramos Seis. Ela também passou pela transição e me indica vários produtos, mas tem outras meninas, tipo a Maisa

View this post on Instagram

#trintou ✨ Sou muito grata por ter te conhecido ! Aproveita seu dia gatonaaaaa 📸 foto by @sirleideteixeira.fotografia ✨#barbarareisontropical30

Continua após a publicidade

A post shared by Gabriella Saraivah (@gabriellasaraivah) on

Se você pudesse dar uma dica para as meninas que estão passando pela transição capilar, qual seria? 

Tenham coragem, vocês são capazes! Vai ser difícil no começo, mas, no final, a liberdade que vocês terão vai superar tudo e todos os dias ruins de baixa autoestima. Eu tento inspirar as pessoas porque entendo que não é fácil, mas é muito importante, porque vocês vão se sentir mais vocês mesmas com seus cabelos. 

Continua após a publicidade

Maravilhosa, né? Você tem alguma dúvida sobre transição capilar? Envie um e-mail para capricho@abril.com.br. 

Publicidade