Ex-BBB Cacau sobre pressão pra emagrecer: “Tive transtornos terríveis”

A influencer fez um desabafo contando sua trajetória até a autoaceitação

Por Izabel Gimenez Atualizado em 9 dez 2019, 15h53 - Publicado em 9 dez 2019, 15h45

A Cacau, ex-participante do Big Brother Brasil 2016, vira e mexe usa as redes sociais para relembrar a importância do amor próprio e sua experiência com a autoestima. Dessa vez, ela compartilhou uma foto de biquíni mostrando seu corpo e na legenda fez um texto emocionante contando sua história com seu corpo que foi marcada por muita luta até conseguir se amar e se aceitar! 

View this post on Instagram

Vitamine-se☀️ #40diasdeautoamor #sol #energia

A post shared by CACAU (@claudiiaoficial) on

“Meu corpo era totalmente natural. Em agosto de 2016, fiz minha primeira lipoaspiração e coloquei silicone nos seios, muitos elogios vieram porque aquele corpo se aproximou do padrão, mas ainda estava longe dele, pernas grossas, braços grossos, celulites, rosto redondo, então as críticas agora vieram com mais toxidade. Aliás, eu tinha me submetido a um procedimento estético e isso era como se abrisse portas para julgamentos ainda mais ácidos sobre o meu corpo. Minhas compulsões alimentares aumentaram e imediatamente comecei a engordar, me senti tão pressionada a, no mínimo, ter que manter aquele corpo que, em janeiro de 2017, fiz a segunda lipo em segredo até das pessoas mais próximas”, relembrou.

Cacau conta que por muito tempo se importou muito mais com o que os outros pensavam e se pressionada para conseguir se encaixar nos padrões estéticos. “Sempre quis aceitar o meu corpo ao invés de mudá-lo. Quando mudei, não foi pra mim, pisei na bola comigo e cai num ciclo ainda pior de sustentar uma imagem para os outros, uma hora isso me esgotou a ponto de não ter mais forças e foi nesse momento que toquei um grande f***-se pro meu ego frágil e reassumi as rédeas da minha vida com base nas coisas que quero pra mim”, disse.

Continua após a publicidade
  • Apesar de ter passado por tudo isso, Cacau afirma que tudo serviu de aprendizado e que vive sua melhor fase.Voltar ao eixo é buscar o próprio equilíbrio, conhecer-se para então ter suas convicções e agir na busca de arrematar para si. Não preciso ser igual a todo mundo, preciso ser quem sou, viver o meu processo cada dia de cada vez, buscando ser o melhor pra mim. Me irrita falar sobre emagrecimento, porque já ouvi tanto que tenho que emagrecer mesmo estando com a saúde plena, que fico brava por essa imposição que despertou transtornos terríveis em mim e detona a autoestima de tanta gente”, continuou. 

    View this post on Instagram

    Casa 💙🌊🙏🏻

    A post shared by CACAU (@claudiiaoficial) on

    “Mesmo sendo a mulher incrível que sou, passei a maior parte da minha vida me sentindo inferior a outras mulheres e botando na conta do meu corpo, ainda preciso me curar desse sentimento de repulsão a essa palavra, estou trabalhando nisso, mas não da mais pra engolir os padrões, nem preconceitos, nem ninguém que tente nos diminuir”, desabafou. “Vamos ser mais amor e entender que todo mundo quer ser bonito e pode, porque a beleza de verdade se acende no interruptor da mente de cada um. Autoconhecimento é vida! É antídoto para as piores doenças. Invista no seu próprio amor e aceita que dói menos! Ufa, precisava desabafar e ainda tenho tanto para falar! PS.: Eu não to linda, eu sempre fui linda, mil beijos!”

    Maravilhosa, né? O que você achou do texto? <3 

    Continua após a publicidade
    Publicidade