Duas marcas têm seus cosméticos proibidos para venda pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária encontrou irregularidades na produção de cosméticos das marcas Viavip e Palmindaya

Por Da Redação - Atualizado em 13 jul 2018, 15h40 - Publicado em 12 jul 2018, 16h54

Aqui no Brasil, antes que cheguem às lojas, os cosméticos passam por uma inspeção da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) – a ideia é garantir a qualidade e a segurança dos lançamentos. No início deste mês, o órgão proibiu a venda de produtos de duas marcas! 

+ Make antigo pode afetar a pele. Reconheça sinais de que ele está vencido

produtos-proibidos-pela-anvisa
Alguns dos produtos que foram proibidos para venda pela Anvisa Divulgação/Reprodução

Uma fiscalização recente mostrou que as marcas Via Vip e Palmindaya apresentavam irregularidades. A Anvisa acusou, no caso da Via Vip, “problemas na produção e falta de atendimento às boas práticas de fabricação de cosméticos”, em sua maioria produtos de cabelo, e, por isso, eles não podem ser vendidos ou divulgados.

Já os itens da Palmindaya estavam fora das especificações necessárias em relação aos níveis de acidez e, por isso, seis deles também tiveram sua venda proibida:

Continua após a publicidade
  • Loção Após Barba Mentolada Palmindaya (todos os lotes fabricados em 2017)
  • Loção Após Barba Com Aloe Vera (todos os lotes fabricados em 2017)
  • Loção Após Barba Sport (todos os lotes fabricados em 2017)
  • Creme de Barbear Mentolado Palmindaya, lote 593, fabricado em 20/07/2017
  • Creme com Extrato De Pepino Palmindaya Hidratante, lote 0083, fabricado em 27/04/2017
  • Desodorante Creme Hidratante Mãos E Pés Essência Flor De Laranjeira Palmindaya, lote 011, fabricado em 16/06/2017

Apesar dos cosméticos já estarem sendo recolhidos das lojas, ainda podem estar à venda. Fique atenta, viu? 

Publicidade